De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

quarta-feira, abril 27, 2011

Fuga Pascal 3 a 5 - End -

A caminho do Furadouro - Domingo de Páscoa!
Dia 24.ABR.11 – Domingo (de Páscoa)
SEIA – MONDEGUINHO – MANTEIGAS – CASA DAS LAMEIRAS – MANTEIGAS – GOUVEIA – MANGUALDE – ESTARREJA – FURADOURO (OVAR)
Uma noite serena e sem a visita da chuva. Subida em direcção a Sabugueiro com prévio desvio para o Mondeguinho. 

Já lá no alto, sobre o Sabugueiro as nuvens escuras cobriam o céu em contraste com os vales lá no fundo. Descemos a Manteigas e subimos pelo Vale Glaciar do Zêzere até infletir para o estradão térreo que nos levou até à Casa das Lameiras onde procedemos aos habituais trabalhos de manutenção.
Ao meio-dia, braseiro aceso, para sobre o calor das brasas se assar o bacalhau, que acompanhado com batata, legumes e um verde branco a condizer quebrou a acalmia serrana.
Alguns caminheiros alemães a subir até ao Alto da Torre… havia que lhes dirigir a habitual saudação, qual o nosso espanto ao saber que após a reforma vieram viver para a Póvoa de Varzim, adoram caminhar nos inúmeros locais belos que dizem ter o nosso país e fizeram questão de falar na nossa língua…
Bacalhau serrano...
Abril na serra
A margem esquerda do Zêzere, no Vale Glaciar.
Quem quer comprar este refúgio serrano?
A ''Africana II'' na visita à Casa das Lameiras
O branco de Abril

Manteigas lá no fundo
Semana Santa na Serra da Estrêla... tonalidades de roxo...
São trutas... senhores... são trutas...
No final da tarde iniciamos o regresso pelo habitual percurso até ao local onde os nossos amigos Artur e A. Durães nos diziam estar – O parque de estacionamento da Praia de FURADOURO.
A caminho do Furadouro
Chegados já com o sol posto, havia um aglomerado razoável de AC onde constatamos ter sido chamado o INEM… Tratava-se de um ‘’residente’’ de uma AC Alemã que necessitou de ajuda… ninguém poderá dizer que desta água não beberá…
O INEM esteve aqui...
Uma caminhada após o jantar pela avenida marginal, onde está a ser construído um paredão para minimizar as recentes investidas do mar, levou-nos até ao nosso refúgio para um pouco de TV, dando por encerrado o dia.
Uma cidade autocaravanista
Percorridos: 522 Km – Dia 217 Km
FURADOURO: GPS: N 40º 52’ 36.4’’  /// W 8º 40’ 24.6’’
Dia 25.ABR.11 – 2ª.Feira – DIA DA LIBERDADE
FURADOURO – OVAR – ESTARREJA
Um dia maravilhosamente bom. Muito sol. O passeio pela marginal com muita gente a pé ou de bicicleta… muitas bicicletas.
O almoço caseiro e um princípio e meio da tarde agradáveis próximo do mar onde já se via muitas e muitos saudosistas da praia mas poucos ousavam largar as roupinhas para o banho de sol.
AS para AC em Estarreja... aqui ao lado
No final da tarde, lá se foram os meus amigos pois decidi ficar mais um dia para a ida ‘’à oficina’’ repor o funcionamento do ‘’boiler’’.
Para encurtar a distância segui em direcção a OVAR percorrendo uma grande avenida que dispõe de duas pistas para peões e bicicletas, uma de cada lado da avenida.
Como habitualmente os portugueses se foram habituando a ‘’rolar’’ nas autoestradas, eu próprio tenho evitado as mesmas, não só para evitar o pagamento das portagens mas sobretudo porque disponho de tempo e só assim se vai conhecendo melhor o país. Retive para mim que Ovar é uma cidadezinha interessante e onde voltarei um dia destes para melhor conhecer.
Um pouco mais a sul, em Estarreja, parei num dos supermercados para abastecer de combustível e… para ensaiar ‘’um pecado’’… sim porque nos tempos próximos por falta de actividade desportiva e pela gastronomia… ganhei mais uns quilitos, o que não é bom… ora… ‘’pequei’’ já que não resisti à tentação de comprar ‘’um camarão moçambicano’’ que me alegrou a alma.
Na AS para AC de Estarreja, parei para pernoita na companhia de 2 AC francesas e 2 portuguesas, dei uma volta saudável em redor do parque e dei por finalizado mais um dia ‘’de arejo’’.
Percorridos: 544 Km – Dia 22 km
AS Estarreja: GPS: N 40º 45’ 13.73’’ /  W 8º 33’ 58.85’’
Dia 26.ABR.11 - 3ª. Feira
ESTARREJA - ANGÊJA - BRAGA
Despertei cedinho para as necessárias lides de manutenção da AC.
Conversa matinal com o casal francês de Bourges com o fornecimento de locais de pernoita para o seu périplo no país.
Visita à ''Albicampo'' (representante da Burstner) onde a habitual simpatia do jovem Marco e do seu colaboraddor Miguel me permitiram ''num clic'' ter de novo operacional o ''boiler''...
Aprendi a em situações idênticas no futuro, proceder ao seu reajuste... coisas da ''electrónica''.
desta vez... bastou retirar os 2 ''cabos da direita'', voltar a ligar... já está...
Com a missão cumprida, aproveitei para no ''regresso à outra casa'' revisitar amizades de longa data...
Percorridos: 694 Km - Dia 150 Km
Enviar um comentário