De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

segunda-feira, abril 02, 2018

Dia 26 de viagem–2abr18– 2ª. feira

MÁLAGA – ARDALES – EL KIOSKO ( Caminitos Del Rey )

DSC01009

Feitas as despedidas aos ‘’verdes periquitos monge’’ derivamos ligeiramente para norte numa curta viagem.

DSC00980DSC00982DSC00984

Viemos a pensar poder fazer a caminhada que se impõe nos ‘’Caminitos Del Rey’’.

DSC00987

Como hoje é 2ª. feira, sabíamos que o acesso estaria ‘cerrado’’ para descanso do pessoal.

Deste modo, fizemos a passeata matinal de reconhecimento do local, por sinal bem agradável junto á pequena barragem de onde sai a água que abastece Málaga.

DSC00991DSC00992DSC00993DSC00994DSC00995

O almoço ocorreu no Restaurante de onde partem os caminheiros para os ‘’caminitos’’, percurso esse que fizemos de 2,7 Kms para sabermos o que nos espera amanhã bem cedinho até à entrada dos ditos.

DSC00996

Um percurso de trilhos em modo de rodopio serras acima e abaixo. O funcionário que assegurava o não acesso ao espaço disse-nos que poderíamos regressar pelo estradão que a distância seria até menor. Passados os dois pequenos túneis eis-nos chegados ao local de partida.

DSC00997DSC00998DSC00999DSC01001DSC01003

Amanhã, o despertar às 6h da manhã de Portugal para tentarmos na fila que se espera na entrada almejar aos bilhetes de ingresso.

DSC01004DSC01005DSC01006DSC01010

É que as reservas esgotaram o acesso até dia 12 mas… com um pouco de persuasão temos fé de que conseguiremos entrar.

Aqui entre o Restaurante e o ‘embalse’ (uns 200 mts) estamos 4 AC e o silêncio é abismal com o céu sem nuvens.

Gps: DSC01011DSC01012DSC01013

Percorridos: 2.601 Kms ( dia 73 Kms )

domingo, abril 01, 2018

Dia 25 de viagem–1abr18– domingo–PÁSCOA

M Á L A G A

DSC_5096

Noite bem tranquila com o mar e o vento a dar tréguas de acalmia.

Pela manhã, nem todos se quiseram abalçar a rumar ao centro citadino.

Sempre apreciei as tradições mesmo se dou sempre valor ao meu espírito crítico e mesmo se sabia que a procissão de ‘’Domingo de RESURECCIÓN’' não teria a grandiosidade das anteriores.

DSC_5092DSC_5094DSC_5097DSC_5098DSC_5099DSC_5100DSC_5101DSC_5102DSC_5103DSC_5104

Fui levado pela curiosidade e constatei que a assistência havia decaído para menos de metade. Mesmo assim, com as ruas menos pejadas de pessoas, foi agradável assistir ao cortejo que primou pela cor diferente das vestes dos intervenientes.

DSC_5105DSC_5106DSC_5107DSC_5108DSC_5109DSC_5110DSC_5111DSC_5112DSC_5113DSC_5114DSC_5115DSC_5116DSC_5117DSC_5118DSC_5119DSC_5120DSC_5121DSC_5122DSC_5123DSC_5124DSC_5125DSC_5126DSC_5127DSC_5129DSC_5131DSC_5132

Terminada a passagem da procissão, ainda tivemos tempo para visitar uma das igrejas de onde saíram procissões nos dias anteriores. Ao passarmos na Alameda principal, as cadeiras não estavam integralmente ocupadas.

DSC_5133DSC_5134DSC_5135DSC_5136DSC_5137DSC_5138DSC00945DSC00946DSC00947DSC00948DSC00949DSC00950DSC00951DSC00952DSC00953DSC00954DSC00955DSC00956DSC00957DSC00958DSC00959DSC00960

Chegados à hora de almoço, e já na paragem do autocarro para o regresso, eis que a Emília e Artur nos convidam para uma apetecível refeição de ‘’papas de sarrabulho’’ na sua autocaravana.

DSC00962DSC00963

Deram por bem empregue a sua decisão de não irem ao centro citadino e ‘trabalharem esmeradamente’’ para nossa consolação.

Para descomprimir os músculos e apreciar toda a afluência aos Restaurantes da marginal, percorremos 3 kms até ao espaço onde outros autocaravanistas estacionam mas onde não existe praia, apenas o mar e vão abrindo mesas e colocando cadeiras no exterior.

DSC00964DSC00965DSC00966DSC00967DSC00968DSC00969DSC00970DSC00971DSC00972DSC00973

As praias até à ‘Praia El Dedo’ tem areia fina mas muito negra. Nada que se compare com as nossas.

DSC00974DSC00975DSC00976

A parte final da caminhada – ida e volta: 6 Kms.