De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

domingo, agosto 28, 2011

Campo Maior 2011 - Parte 2




Dia 4 – 27.AGO.11 –  Sábado
CAMPO MAIOR
Proibido?
Manhã cedo havia que calcorrear o mais possível algumas das mais de cem ruas e ruelas ‘’empapeladas’’ com floreados de papel de muitas cores.
Nalguns arruados, os locais ainda sem ‘’pregar olho’’, davam os últimos retoques no trabalho executado noite fora.
Percorremos na parte inicial os estreitos arruados que nos levam ao alto do castelo onde o visitamos assim como o ‘’mosteiro de monjas’’. Surgiu entretanto nos ares um helicóptero ‘’Puma’’ da Força Aérea Portuguesa, trazendo ‘’a bordo’’ o atual Presidente da República e parte do seu séquito… dizem que para fugir aos ‘’engarrafamentos’’ que nesta altura bloqueiam de certo modo os acessos a Campo Maior… despropositado pois as viaturas vieram até cá por estrada e a D. Maria Cavako e a restante comitiva, em tempo de crise,  poderiam com uma eficiente programação da GNR cá chegar sem os ‘’gastos’’ supérfluos que nos afligem a todos… há que dar o exemplo… ou há moralidade… ou…
Uma manhã a percorrer a maioria dos coloridos percursos ao som de músicas tradicionais alentejanas.
A ‘’bordo’’ da AC a confeção do apetitoso almoço e no final da tarde, nova incursão até meados da noite com umas bifanas pelo caminho.
O reencontro  com o casal de Camarate/Loures, Maria e M Vitorino que havíamos encontrado sem o prever em Julho passado no ‘’Tour de France’’ nos Pirinéus.
O objetivo estava atingido, ver, apreciar e vivenciar as Festas do Povo de Campo Maior que já não se realizavam há 7 anos. Valeu a pena estar neste concorrido evento.
Dia 5 – 28.AGO.11 – Domingo
CAMPO MAIOR – ELVAS – BORBA – VILA VIÇOSA – REDONDO
A meio da manhã saímos reparando que no ‘’nosso loteamento’’ deixou de haver ‘’portageiros’’ o que prova que a Comissão de Festas não está a aproveitar o potencial de cobrança de receitas… mas enfim… sem o querer até nós não o fomos ‘’taxados’’ depois de tanta polémica à chegada… só fumaça...
Seguimos em direção a Elvas, sem que no nosso caminho algo nos impedisse de rolar, o mesmo não acontecendo em sentido contrário, onde as filas jáa somavam uns km… fruto da lentidão  dos agentes da GNR que ao ver viaturas a deixar passageiros em plena via… nada faziam para as fazer circular e encostar de forma a não fazerem parar o trânsito... enfim... 
Em Borba a paragem para revisita e almoço na Taberna ''A Talha''.
A tarde aqueceu e em Vila Viçosa valeu a paragem junto ao castelo numa frondosa sombra.
Ainda tentamos a visita do Palácio mas... em chegando a nossa vez, nada garantiam pois às 17h encerrariam as visitas.
Breve incursão nas ruelas do miolo do castelo onde visitei a igreja da Conceição onde pelo que li, já lá esteve um dos papas... 
Apontada a finalização da viagem para o Redondo, lá tratamos das questões técnicas de higiene e limpesa da AC e saímos para o parque adjacente à Biblioteca da terra que confina com o Café Concerto do Redondo onde é possível aceder à net graciosamente.