De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

sábado, março 12, 2011

Magrebe ou Andaluzia? Dias 1 a 11 Andaluzia

Dia 1 – 3.MAR.11 – 5ª. Feira
BRAGA – ESTARREJA – AVEIRO
O projeto de viagem teria sido um périplo por Marrocos para rever um país extraordinário e hospitaleiro. O seu povo continuará por lá, pelo que, ponderada a instabilidade em todos os países do Magrebe nos decidimos a alterar o plano.
É uma verdade que o pais onde o ambiente está mais escaldante é sem sombra de dúvida a Líbia onde o ‘’Coronel’’ Kadafi,  loucamente acena com um banho de sangue para se manter no poder. Tendo pessoa amiga que já viajou na Líbia e gostou do povo Líbio… logo à entrada na fronteira, foi presenteada com a entrega do ‘’Livro Verde’’ do ‘’Coronel’’.
Assim sendo, o mesmo foi-me facultado pelo que será lido por mim nesta viagem… ‘’teorias’’ leva-as o vento… faço votos de que o ‘’senhor’’ entregue o poder permitindo assim um futuro melhor para o Povo Líbio.


O objectivo de descer a sul da península ibérica mantém-se, contudo aproveitaremos para rever e aprofundar o conhecimento da região da Andaluzia no sul de Espanha.

Tivemos um primeiro dia de belo sol. Deu até para fazer a viagem até Aveiro pelas EN, salvo do Porto até à Vila da Feira com a passagem num pórtico de € 0,85 (classe 2).
Nas pinturas... a  malandrice dos ''cagaréus''

Da parte da tarde passeio pedestre junto a um dos braços da ria que ladeia uma nova zona residencial.
Pernoita junto à Ria – GPS N 40º 38’ 42.97’’ – W 8º 39’ 24.21’’
Percorridos no Dia: 134 Km

Quem souber e gostar ... tem as ''Bugas'' grátis todo o dia...
O passeio noturno no magnífico Centro Comercial de Aveiro
Dia 2 – 4.MAR.11 – 6ª. Feira
AVEIRO – GAFANHA DA NAZARÉ – VAGUEIRA – MIRA – FIGUEIRA DA FOZ
Uma noite calma e serena junto à Ria.
Saída a meio da manhã com passagem na Gafanha para ‘’agendar’’ na Aúdio-Acústica a instalação de tecnologia ‘’de ponta’’ na AC. Ficará para o regresso.
Prosseguimos calmamente com paragem na Vagueira que não deu para aquecer dado ser uma ‘’terra’’ onde o estacionamento ‘’abunda’’, mas… não é permitida a pernoita aos autocaravanistas… nada melhor que passar ao lado para que o comércio local tome consciência da perda de potenciais clientes…
A sempre agradável paragem na marginal da Costa Nova onde visitamos a Padaria e o Mercado de Peixe.
Paragem para almoço na bonita praia de Mira, num grande largo térreo adjacente às dunas, paredes meias com o parque de campismo e o posto da GNR. Um bom ponto de apoio para quem pretenda fazer percursos de bicicleta pelas inúmeras pistas que ladeiam lagoas e passam por imensas zonas arborizadas.
De novo estrada fora, passando a Tocha (com um imenso largo para aparcar) e a chegada ao objectivo do dia na Figueira da Foz onde estavam já umas dezenas de AC portuguesas, francesas, belgas e inglesas…
O tempo fresco permitiu mais uma incursão na cidade pois a chuva prevista ainda não chegou a esta zona.
Teremos entretanto a visita do nosso candidato a longas viagens que nesta fase da vida laboral lhe permite apenas fruir os fins de semana. Vão acompanhar-nos apenas até 3ª. Feira (carnaval).
A cada visita, novas descobertas...
Percorridos: Dia 86 Km -  Total: 220 Km



Dia 3 – 5.MAR.11 – Sábado
FIGUEIRA DA FOZ – GALA – BATALHA – CALDAS DA RAÍNHA – PENICHE
Manhã algo ventosa mas de céu pouco nublado. Visita ao Mercado para adquirir matéria prima para o almoço… e curta viagem até à outra margem do Mondego até à praia da Gala.
Um tacho adequado deu guarida a uma caldeirada de peixe, regada a ‘’vinho alvarinho’’ e porque não a uma tacinha de wisky ‘’Dymple’’… entre outros condimentos.

Mesa para cinco!
Como fazia algum vento, disponibilizei a minha mesa da AC para os ‘’cinco’’ que se banquetearam com a super agradável ‘’caldeirada’’.

As e Os ''confrades''!...

A minha neta... está presente!...

Condomínio fechado... de praia...

Hoje, aqui... amanhã... ali!...
Ainda passei no Restaurante ali pertinho de um ex-companheiro ''de armas'', estava na cozinha... bastou-me o ''perfume'' que me entrou pelas narinas para constatar que estava a terminar a confecção de um ''lindo tacho'' repleto de ''lampreia à bordalesa''!!!... Tive de fugir para não ficar tentado pela ''gula''...

Batalha ali ao lado...
No final da tarde havia que ir descendo no mapa… pelo que arribamos a Peniche, no largo próximo da muralha e dos bombeiros… uma boa centena de AC já por ali estacionadas…

Há quem traga dois gatolas na AC!...
O ‘’apontar’’ da ‘’parabólica’’ e… a ‘’sopa de peixe’’ deliciosa, aqueceu-nos a alma, terminando o dia com a voltinha nocturna por entre inúmeros mascarados de carnaval…

A voltinha pedestre em Peniche.
Percorridos: Dia 151 Km  - Total: 371 Km

Será que Kadafi fugiu para Portugal? Eu passei por ele esta tarde na Lourinhã!!!

Dia 4 - 6.MAR.11 - Domingo
PENICHE - LOURINHÃ - MACEIRA - PRAIA STA RITA - ERICEIRA

Saída de Peniche, por estrada de bom piso, próximo da costa… por paisagens de verde campestre por entre ‘’cabeços’’ arredondados não muito altos.
Na Lourinhã, pequena paragem para reabastecimento. Veio-me à ideia comungar das vestes carnavalescas que abundavam na região… Nada melhor que ‘’enfiar’’ um barrete muçulmano e vestir uma camisa Marroquina… completando o adorno com a exibição do ‘’Livro Verde’’ de Kadafi… como que a convidar o dito cujo a ‘’pôr-se a milhas’’ da Líbia… Será que o meu voto vai resultar e o indígena vai emigrar? Veremos…
Paragem para almoço confecionado no magnífico parque de estacionamento fronteiro ao oceano em Santa Rita… Uma delícia… costuletão grelhado à beira mar… regado com um fresco ‘’verde branco’’…
Continuamos viagem já após as cinco da tarde até à Ericeira. Feita a volta de reconhecimento, estacionamos num parque próximo do Parque das Merendas onde acabamos por pernoitar sem antes dar a habitual volta pedestre no final de dia.
Noite muito calma tendo a meteorologia continuado a brindar-nos com uma boa temperatura e ausência de chuva e vento.

Praia de Sta Rita




Ericeira 1
Ericeira 2
Ericeira 3
Ericeira 4
Ericeira 5 - Lá se foi a Monarquia... para o Brasil!...
Ericeira 7
Ericeira 8
Ericeira 9
Ericeira 10
Ericeira 11
Ericeira 12!
Pernoita: Junto ao Parque das Merendas – N 38º 49’.27’’  O 9º 28’00’’
Percorridos: Dia 65 Km – Total: 434 Km

Dia 5 – 7.MAR.11 – 2ª.Feira
ERICEIRA – FOZ do LIZANDRO – ASSAFORA – MAGOITO – AZENHAS DO MAR – PRAIA DAS MAÇÃS – SINTRA – LISBOA – ALMADA – MONTE DA CAPARICA – TRAFARIA – COSTA DA CAPARICA
Saída já a manhã no seu final. Paisagens ‘’saloias’’ de alegrar a visão. O objectivo era de na Praia das Maçãs ver qual a oferta de produtos do mar no mercado local, mas… por ser carnaval… estava encerrado.
Contatado previamente casal amigo de Arruda dos Vinhos, a Marília e o David, responderam ‘’à chamada’’ e acompanharam-nos no ‘’Restaurante Oceano’’ a apreciar as gostosuras do mar e  aproveitamos para delinear projectos de viagens futuras e a falar da sua próxima viagem de 7 meses em AC até ao Vietnam… 
O nosso abraço de despedida e votos de uma ótima viagem.
Como um dos casais tem o ‘’filhote’’ a trabalhar no Monte da Caparica, atravessamos a ‘’Ponte 25 de ABRIL’’ até Almada com pequena paragem no ‘’Fórum Almada’’ para ‘’consertar’’ uma das ‘’box’’ de TV. 
Jantar na Trafaria – ‘’chocos fritos’’ e ‘’espetada de lulas’’…
A equipe ao jantar na Trafaria...
Entretanto, a chuva regressou... e depois? ''No problem''
Pernoita: Largo dos Bombeiros na Costa da Caparica – GPS N 38º 38’16.69’’ W 9º 13’53.61’’
Percorridos: Dia 82 km – Total: 516 km

Dia 6 - 8MAR11 - 3ª. Feira (Carnaval)
COSTA DA CAPARICA - SETÚBAL - ALCÁCER DO SAL - GRÂNDOLA - OURIQUE
A meio da manhã chovia razoavelmente pelo que o ´´ânimo de viajante'' decaiu um pouco... mas... chuva de pouca dura... mal entramos no Alentejo, o céu começou a ficar com abertas e o sol voltou e com ele a vontade de prosseguir.
Fizemos pequena paragem no Camping Municipal de Alcácer do Sal, que graciosamente nos permitiu a ''recarga'' da ''cassete do wc'' e o reabastecimento de água.
Havia que almoçar, e a vontade para o confeccionar era pouca, pelo que sugeri a visita aon Restaurante ''Km10'' entre Alcácer e Grândola onde o seu proprietário e ex-companheiro de armas em Angola nos sugeriu um formidável ''cozido à portuguesa''... 
O Artur sugeriu e bem a visita ao Património Industrial das minas do LOUSAL.
E não é que recentemente criaram uma magnífica AS para AC?
Um bom ponte de apoio para quem vai ou regressa do Algarve. Local super calmo, com Museu e Centro de Ciência Viva para visitar. Vale a pena o desvio. 
Uma visita agradável num final de tarde.
Os ''carocha'' nos cabides logo à entrada do Centro de Ciência Viva
Próximo do complexo mineiro, uma capela pequena... e outra grande...
Lousal
No final do dia, paragem num calmo parque de estacionamento no centro de Ourique, por detrás da Praça de Táxis... com internet por wireless graciosamente transmitido pelo Município.
Percorridos: 732 Km - Dia: 216 Km



S. Bartolomeu de Messines
Dia 7 – 9.MAR.11 – 4ª. Feira
OURIQUE – S. BARTOLOMEU DE MESSINES – 4 estradas – SILVES
A meio da manhã, percorremos a EN até S. Bartolomeu de Messines para visita ao amigo autocaravanista Duarte que sempre apoia quem a ele recorre em termos de apoio logístico no que toca a mapas de GPS…
Chegada a hora do almoço os meus parceiros de viagem constatam que o frigorífico deixou de funcionar… situação bem conhecida de quem viaja de AC… mais aborrecida em viagens grandes sobretudo no verão.
O próprio Duarte avisou-nos que o único ‘’entendido’’ de AC no Algarve, na Guia, havia fechado as portas, mas que poderíamos recorrer a um jovem empresário Ludovico ‘’Camper Serv’’ que nas ‘’4 estradas’’ nos resolveria o problema.
Com as cordenadas de GPS foi fácil descobrir o local em Lat 37º6’12’’N e Long 8º4’15’’W, Caminho de Selões – www.camperserv.com .
Como o frigorífico ‘’Dometic’’ tem representante em Faro, foi-nos explicado que estando o mesmo no período de garantia, a solução seria ir a Faro…
A chegada a SILVES...
Para não ‘’sofrer’’ as esperas, decidi inverter a marcha e deslocar-me a Silves onde deparei com dois enormes parques de estacionamento repletos de AC estrangeiras a nascente e poente das piscinas. Entendi logo que os franceses, ingleses, holandeses, alemães e… nórdicos passam aqui temporadas e aproveitam a net gratuita e utilizam aos sábados a piscina graciosamente…
Vim a Silves visitar jovem licenciado (filho de casal amigo) a trabalhar em Silves a quem convidei para vir jantar comigo à AC. Um jantar simples – arroz de tamboril – a fechar com a ida a um simpático bar gerido por casal inglês.
Um arroz de tamboril ''a bordo'' de uma autocaravana? Obrigado pela visita Carlos Ruben.
Amanhã veremos se vamos ao encontro dos meus amigos de viagem ou se eles vêem até Silves.
Percorridos: 872 Km – Dia 140 Km

Dia 8 – 10.MAR.11 – 5ª. Feira
SILVES
Pela manhã ida ao super mercado que dista uns 200 mts das piscinas.
Mesmo em Março, o terraço dá sempre para ver quem passa,...
A presença Marroquina em Silves...
D. Sancho...
O Rio Gilão
Tentei entrar no Posto de Turismo... mas numa péssima caligrafia... o aviso... após o almoço ausente para ir aos Bancos... mas... às 17h nadaaaa...
Após o almoço, meti-me a caminho levando num ombro o ''portátil'' e no outro a máquina fotográfica. Dois objectivos atingidos: passagem na biblioteca para aceder à internet - uma magnífica biblioteca - e a subida ao centro histórico, Castelo e ''Sé''... os tempos vão mudando e até para entrar no templo se tem de pagar € 1,00... disse ao porteiro que ia apenas ''orar''... a resposta veio de pronto... apenas nos dias de missa e à hora da dita...
Entrar para ''orar'' sem pagar? Sómente quando se vai à missa...
A caminho do Castelo de Silves
Será do nosso Cargaleiro?
Entretanto chegaram os meus parceiros de viagem, com ''más notícias''... o frigorifico da AC terá de aguardar um novo conjunto refrigerador que vindo de Madrid apenas poderão reparar o mesmo após 3 dias... mas às 3as. feiras encerram para trabalhos no exterior... teremos de ''empatar'' até sermos convocados...
A ''oficina rolante''...
Nem a propósito, chega uma viatura-oficina a oferecer produtos e serviços... mas não dá em virtude de não trazer peças do ''calibre'' necessário...
Trata-se de ''oficina volante'' que percorre as grandes aglomerações de AC, da Figueira da Foz ao Algarve... tem tudo... led's... calços... etc... etc...
1,2,3,4...
O ''pólis'' sempre fruido por muitos

Decidido pernoitar juntamente com as muitas dezenas de AC junto à margem do rio Gilão.

Um local magnífico para as AC

À noite a ''bica'' imaginem onde?... na esplanada da ''Casa do Benfica''... com a TV apontada para a ''Katedral da Luz''... E uma vitória 2-1!!!


O Bar-Café BENFICA... onde os fãs não abundavam...
Percorridos: 0 Km
Dia 9 - 11.MAR.11 - 6ª. Feira
SILVES - GUIA - ARMAÇÃO DE PÊRA
Logo após a retirada de Silves, a chuva voltou... céu bastante encoberto.
Ida à zona comercial da Guia e almoço num dos restaurantes da Guia - franguinho-.
Guia
Estacionamento na falésia contígua a Armação de Pêra onde ''voaram de novo'' as placas de proibição de estacionamento a AC. A net wireless do vizinho Bar CD.
Entretanto, o céu limpou e o sol voltou.
Percorridos: 872 Km - Dia 36 Km
Dia 10 - 12.MAR.11 - Sábado
ARMAÇÃO DE PÊRA - S. BARTOLOMEU DE MESSINES - ALTE
Da parte da manhã, fizemos uma passeata pela nova zona pedonal fronteira à praia.
Sem sombra de dúvidas que a marginal de Armação de Pêra ficou mais agradável e apetecível para os peões.
Ainda demos uma olhada ao mercado, em roda do qual se haviam instalado bancas de legumes e frutas.
Após o almoço, decidido passar de novo para o interior do Algarve, com curta passagem em São Bartolomeu de Messines, onde a revisita ao nosso ''mestre de GPS'' Duarte, nos preparou para nos fazermos à estrada com a ajuda preciosa dos nossos ''aparelhometros''.
O nosso grande abraço de amizade ao Duarte pela sua simpatia e disponibilidade para ajudar!
Chegamos já fazia noite e, pelo conselho dado pelo Duarte, fomos ficar num pequeno parque próximo da estreita ponte com Wc próximo, preterindo o enorme parqueamento junto do cemitério onde já estavam alguns franceses e holandeses.
Pernoita: GPS (DMS) - N 37º 14' 12.88''  /  W 8º 10' 23.09''
Percorridos: 952 Km - Dia 80 Km
Dia 11 - 13.MAR.11 - Domingo
ALTE - PADERNE - ILHA DE FARO



Pelas 10h da manhã... as primeiras ''excursões''



O mapa da aldeia... uma fotografia aérea.




Patos e Cisnes... por ali passeiam...



Choveu no inicio da manhã em Alte, a aldeia pitoresca entre a Serra de Monchique e a do Caldeirão.










ALTE, é conhecida como a aldeia mais típica e original de todo o Algarve e está cercada por terrenos fertéis ao longo da Ribeira de Alte e é um destino popular para excursões. Confirmamos esta manhã que as ''excursões'' iam chegando... desta vez, de portugueses portadores de ''merendeiro'' e... a boa ''pinga''...



Do parque próximo do cemitério, a paisagem é esta...







Os lugares de interesse incluem as ruínas do castelo árabe, conquistada em 1248 por Dom Paio Peres Correia e a Igreja Matriz com a sua estrela manuelina. A capela de Nossa Senhora de Lurdes está decorada com azulejos sevilhanos raros que datam do Século XVI.
Duas fontes, a Fonte Pequena e a Fonte Grande, à sombra de árvores antigas, deverão no verão, convidar-nos a descansar e a sentar-mo-nos numa das mesas em pedra.

Retomamos a viagem tendo como objectivo PADERNE. Ainda tentamos almoçar num dos dois restaurantes da terra, mas... estavam encerrados...






Prosseguimos na direcção de Portimão, pela aldeia de PURGATÓRIO... tendo que ao lado na aldeia de MEM MONIZ entramos num agradável restaurante algarvio de nome ''Veneza'' que recomendamos vivamente:
Restaurante
Veneza  -  Mem Moniz, Paderne  8200-488 PADERNE ABF



289 367 129




Para bem dizer – o cliente pode obter nesta casa tudo o que se espera de um bom restaurante. Os pratos são bem temperados e apetitosos. A carne é tenra e bem escolhida. A oferta de vinhos é extraordinariamente boa, e até nem são muito caros. Cerca de mil qualidades de vinho esperam um bom apreciador. A decoração é rústica. 




O aquário






Lavagantes e peixes de água salgada nadam no aquário.











Especialidades: Marisco, Cataplana, pratos de peixe e Carne.



O ''cozido à algarve''










O ''coelho à caçador''


















O destino da viagem de hoje : FARO. Optamos por ir em direcção à ilha de Faro.
À entrada da estreita ponte, somos surpreendidos por placa de trânsito inexistente no Código da Estrada - Uma AC centrada em placa de ''trânsito proibido'', pelo que a ignoramos e no largo de estacionamento da ilha já por lá estavam uma dúzia de AC.




Caricato pois continuando para a parte da ilha à esquerda, o parque de campismo ''oficialmente encerrado'', tem-se mantido provisóriamente aberto a AC pelo módico preço de € 5,00 ( água, descargas, electricidade duche quente e wifi tudo incluido no preço!!!)...
Um ótimo local para as necessárias tarefas de viagem... limpesa da AC e lavagem de roupas.


Percorridos: 1.030 Km - Dia 78 Km
Enviar um comentário