De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

quinta-feira, março 27, 2014

Dias 41 a 44 de viagem - 24/27mar14 - 2ª. a 5ª feira - Mohammédia - Casablanca - Kénitra

Dia 41 de viagem - 24mar14 - 2ª. feira
MOHAMMÉDIA - CASABLANCA - MOHAMÉDIA
a chegada da composição de 2 andares vinda de Kénitra
A meio da manhã, junto à estrada, demos sinal de paragem a um 'grand taxi'... Já trazia 2 passageiros... entramos os 3 para o banco da retaguarda onde já estava uma moçoila... junto ao motorista haveriam de entrar mais 2 passageiros... para percorrermos os 7 kms até à moderna Gare dos caminhos de ferro de Mohammédia.
Cada passageiro ao entrar, passa ao motorista 5 Dirhams... pelos 7 km de percurso (cerca de € 0,47!!!)... 
Adquirido o bilhete de ida e volta para Casablanca (Port), a viagem custou-nos 30 Dir ( € 2,80!!!)... pelos vinte  e tal kms... de ida e outros tantos de volta.
Obras na 'nova' Gare de Casablanca (port)

Chegados a Casablanca (Casa), decidimos ir a pé até à conhecida 'mesquita' - 2ª. maior do mundo - onde já havíamos estado mais de uma vez em viagens anteriores.


Um percurso que se faz bem e que atualmente confina com a construção de uma enorme marina rodeada de complexos modernos de habitação e hóteis em fase de acabamento.

Os edifícios recém construidos em volta da 'marina'...
paredes meias com as novas construções, partes da cidade velha a cair de podre...
O Je não foi 'orar'... mas sim... admirar...
dizem que 2/3 da mesquita foram construidos sobre o mar...
Chegados à 'mesquita' constatamos que a mesma estava a 'ser lavada' pois a pedra quiçã pelo constante bater a brisa marítima se estava a deteriorar.
Todo o paredão virado para o mar está inacessível ao público, porventura devido ao efeito das ondulações, sabendo-se que toda essa construção foi edificada sobre o mar... 
Na última visita efetuada, chegamos a entrar graciosamente... agora... o custo da 'entrada' é de 120 Dir (€ 12,00)... pelo que não repetimos a visita...
Sem sombra de dúvidas que a ideia de visitarmos Casablanca de combóio é de longe a forma mais segura e confortável dado o seu custo irrisório, mesmo se encontramos uma dúzia de AC alemães estacionadas nas redondezas, no meio do ruído do trânsito.
O 5* de Casablanca - Restaurant du Port de Pêche
Não seria coisa do outro mundo regressarmos a pé, mas... como a fome já apertava... voltamos àquele que intitulo o 'santuário do peixe' que visitei pela 1ª. vez há já 8 anos... o Restaurant du Port de Pêche, bem perto da estação de combóios...
O Je no ''Port de Pêche''
Gratin du Chef et biére de Casa!
Uma espécie de ''pecadilho'' em tempos de crise... mas... como... nem só de 'mesquitas' vive o homem... tivemos de voltar... e quiçã o faremos numa próxima vinda... 
Após o agradável almoço, uma pequena caminhada no Porto de Pesca e o avançar para a Medina de Casa que sendo enorme e labiríntica se torna um dos pontos obrigatórios de visita, ainda mais por os comerciantes não se 'atirarem' às pessoas, ou não estivessemos numa metrópole de mais de 6 milhões de habitantes.
O Porto de pesca

A 'mesquita' ali bem saliente
as aves... alimentam-se de restos de peixe... e por vezes até levam o peixe aos menos atentos...


Um misto de cidade velha e 'desconchavada' e de uma outra apontada para o futuro... 
No final do dia, o regresso ao 'lar'!!!
Dia 42 de viagem - 25mar14 - 3ª. feira
MOHAMMÉDIA (Plage Tilal) - Pont-Blondin
Gostei de te ver esta manhã... velha e carunchosa... mas extremamente bela! — em MOHAMMÉDIA (Plage Tilal) - Pont-Blondin.
 O dia de hoje foi destinado à 'pasmaceira' e às 'arrumações' e tarefas de limpeza...
Com a praia aqui pertinho, mesmo se não apetece 'ir a banhos'... demos uma olhada ao local já conhecido.
 Já chegados à hora de almoço, eis que ouvimos falar a nossa língua... quem é?
Não conhecíamos, mas... sabiam os nossos nomes e agora entendemos a razão de todos os dias alguém andar a 'bisbilhotar' este blogue em zonas distintas de Marrocos...
São duas AC lusas e 3 pessoas da zona de Alcobaça - são eles... a Maria e Henrique e o Artur Rosa... 
Mais logo faremos a 'foto de família' já que amanhã vão fazer como fizemos indo de comboio a Casa e depois  vão descer para Agadir...
a praia esta manhã...
... nos entretantos...
Da parte da tarde, a 'voltinha' em redor do nosso local de acolhimento, mas na direção do mar.

O Je assinalando no 'mapa' o local onde estamos, o Henrique e Maria e o Artur Rosa - O meu abraço!
Ora aqui está parte da 'foto de família' prometida... pessoas que não se conheciam antes e movidas pelo 'bichinho viajeiro' provocam o encontro a milhares de km de casa...
O 'Je', o Artur e Emília, o Henrrique e Maria e o Artur Rosa
Dia 43 de viagem - 26mar14 - 4ª. feira
MOHAMMÉDIA (Plage Tilal) - Pont-Blondin - KÉNITRA
Avançamos de novo, por caminhos trilhados há cerca de mês e meio, agora no regresso.
À saída, o tempo começou a dar alguns sinais de instabilidade e uma chuva fraca acabaria por cair durante uma hora.
em toda a zona envolvente de casablanca, existem milhares de ''bidonvilles'... 
Desta vez fizemos o percurso mais 'complicado' pois aceitamos a sugestão de um dos Gps de cruzar em pleno a capital administrativa de Marrocos/Rabat... travessia um pouco mais lenta mas agradável.
por cá... é mais complicado passar com monstros destes que ocupam toda a via... um deles já trazia um rombo... é que há sítios em que a coisa não é nada fácil...
'Metro de superfície de Rabat'
na ponte que liga Rabat a Salé (cidade satélite)
À hora de almoço já estavamos instalados no Camping de Kénitra que uma vez mais se encontra repleto de gente que regressa à europa.
Abrigos existentes em inúmeros cruzamentos para 'abrigar' o sinaleiro!...
Casa das frutas e sumos em Kénitra.
Percorridos: 4.060 Km ( Dia 102 Km )
Dia 44 de viagem - 27mar14 - 5ª. feira
KÉNITRA
Da parte da manhã, fiquei-me pelo camping.
As manhãs continuam frias mesmo se não chove.
Saberão que o pão em Marrocos é este? Custa apenas € 010 e é muito saboroso
Da parte da tarde demos mais uma passeata pelas inúmeras ruas onde as lojas saem cá para fora... me parece que tem mais produtos no passeio que no interior.
Um dia trivial já que a terra e sobejamente conhecida e o que mais me cativa ainda vai sendo o comportamento das pessoas sobretudo nos negócios de rua.
Não existe rua que não tenha várias lojas destas...
...cores...
Muito popular... comprar e comer na altura... grão de bico... favas.... como nós com as castanhas ou tremoços...
Dia 45 de viagem - 28mar14 - 6ª. feira
KÉNITRA - CHEFCHAOUEN
Enviar um comentário