De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

domingo, junho 23, 2013

À descoberta da IRLANDA ( ainda na Escócia ) - dias 19 a 23 de viagem

Será que a minha neta vai gostar desta Escocesa?
no percurso, os 'carneiros' sempre presentes. 

 Dia 19 – 19.jun.13 – 4ª. feira
JEDBURGH – MELROSE – EDINBURGH (Edimburgo)
De novo a caminho, desta vez em direcção de Edimburgo (Edinburgh).
Mais um dia de sol embora mais fresco que a véspera.
Uma vez mais centenas e centenas de ovelhas pastavam nos verdes cabeços.
Antes de entrarmos na cidade, decidimos apontar para o Parque de Campismo MOTORNHALL CARAVAN PARK  (existem outros) que dista 6,5 km do centro citadino.
Aí chegados e paga a estadia € 27,25 ( £ 23 – AC+ 2 pess+elect) – preço do alvéolo, uma volta ao Parque de enormes relvados e bem equipado – uma pena o wireless pago (£ 5,00/24h.).
Um pouco de relax e o almoço mais cedo que o habitual, para avançar de autocarro (£ 1,5/ida) para a cidade.
Tendo cá estado há uma dúzia de anos, recordei  locais visitados, desta vez com sol.
Na minha opinião esta será uma das cidades mais perfeitas do mundo.
Li algures que existe uma história de duas cidades, já que em Edimburgo existe um marcado contraste entre Edimburgo Antigo Medieval e o esplendor Georgiano do Edimburgo Novo, o qual oferece uma experiência interessante. Não me surpreende  que tenha sido escolhida para Património da Humanidade.
Esquecendo as duas Edimburgo,  esta cidade tem uma grande riqueza histórica, contudo não vive no passado. É uma cidade moderna e cosmopolita e tem muito a oferecer, uma cidade cheia de vida cultural.
Para se visitar a cidade, existem dois locais imperdíveis, o primeiro O Castelo e o outro a Royal Mile (High Street).
Percorrida a High Street, encontramos parte dos ‘’Bugatti’’ com os quais nos cruzamos de véspera, entramos na Catedral e duas igrejas, uma delas que o deixou de ser…
A entrada no Castelo era paga e o seu preço proibitivo para um cidadão dum país em crise (£ 16,00 - € 19,00), ora, como os idosos Escoceses não pagam… vendo o ‘pica bilhetes’ de costas a fiscalizar um grupo de jovens… confesso: fiz um pecadilho… ‘’fiz-me de Inês’’ e não se passou nada… estarei perdoado? Fiz uma ’coisa feia’… mas… vendo melhor… não estarei eu a ser roubado pelo governo do meu País?
Após o Castelo, visitei o Nat. Gallery of Scotland, que vale a pena visitar, com quadros dos séc. XV a XIX, uma das melhores galerias de arte da Escócia (um dos quadros é de Picasso).
Numa das simpáticas esplanadas haveria de me sentar para beber uma agradável cerveja.
Caso fora a primeira visita à cidade, ficaríamos mais um dia, mas tal não se justifica até porque já sou repetente.
Percorridos: 2.907 km  ( dia 77 km )







Cataratas do Niagara

''Picasso''














às 23 horas termina o dia











o tecto da estação 'estraga' a paisagem









os ''Bugatti''


a 'loginha' da Polícia
















ao fundo... Loyds Bank







Hub
Hub


A cabeça? Na zona da gravata...


a para o ''Tattoo''...



Avancei discretamente ''pela esquerda''...




















cemitério dos 'cães' da guarda






com 'um pano'' se faz com 'dobras' a saia escocesa...








Dia 20 – 20.jun.13 – 5ª. feira
EDINBURGH (Edimburgo) – ST. ANDREWS
Não sei como, é um facto que acordei à hora que havíamos agendado para a saída (9,30h)…
Nada de grave, ou não estaremos nós em férias?
Às 11h. saíamos em direcção a um _P_ que consta no Gps como POI e no UK não serão muitos.
Uma pequena cidade a norte de Edimburgo, junto ao mar de nome St Andrews (14.000 hab.).
Sem saber, caímos na que é a mais antiga cidade universitária da Escócia e outrora capital eclesiástica. Agora, é um santuário para os golfistas de todo o mundo.
Imensos campos de golf  ‘abertos’ próximo do mar.
Agradabilíssimo e mais ainda com um dia de bom tempo e pouco vento.
Avançamos para as suas 3 principais ruas e numerosas vielas empedradas, inúmeros edifícios da Universidade e igrejas medievais que convergem nas ruínas da ‘Catedral’ do séc. XII. Já foi a maior da Escócia, e foram-lhe saqueadas pedras para construir a cidade.
O St Andrew’s Castle foi construído para os bispos da cidade em 1.200.
Os campos de golf da cidade, ocupam as terras a oeste.
Uma ‘paragem’ imensamente agradável.
_P_ - Gps  N 56º 20’ 45.5’’   W  002º 48’ 26.2’’
Percorridos: 3.000 Km ( dia 93 Km )


a 'ponte' sem portagens


o percurso até Edimburgo


sempre pela EN mesmo se a AE é grátis

a chegada a St Andrews

Parcómetros? Nã... dá quem quer.

a praia de St Andrews
praia - dunas - _P_ - golf
nada de receios






Universidade
Universidade
Universidade
Universidade





O centro de St Andrews

o pequeno Museu











a 1 metro... linda...

o que resta do Castelo









O 'porto pesqueiro'
Adicionar legenda










Dia 21 - 21.jun.13 - 6ª. feira
ST. ANDREW'S - DUNDEE - ST ANDREWS 
O despertar ocorreu cedinho já que as inúmeras máquinas de cortar relva iniciaram o trabalho às 5 da manhã...
A manhã surgiu com o céu coberto por neblinas altas.
Que fazer?
Entre avançar para norte e ter de recorrer a espaço pago e ficar aqui mais um dia e de autocarro visitar a cidade próxima de Dundee.
Na central de autocarros fomos saber horários e preços para visitar Dundee a uns 20 km a norte.
Aproveitando o _P_ grátis, arrancamos de 'bus' após o almoço para a visita.
Dundee – cidade de 150.000 hab. Famosa pelo seu bolo, doce de laranja e pelo império das publicações  de DC Thomson (criadores de revistas infantis), cidade que já foi importante na construção naval nos séc XVIII e XIX.
Deveríamos ter efectuado passeio nas Victória Docks, mas, as demolições em toda a zona demoveram-nos a efectuar a visita.
Não foi cidade que nos ficou na retina.

Regressamos de novo ao nosso bairro em St Andrews que não esqueceremos.





a caminhada matinal em St Andrews










































Dia 22 - 22.jun.13 - sábado
ST ANDREWS – Dundee – STONEHAVEN – ABERDEEN
Pela manhã uma névoa ia debitando algumas xicaras de água sem no entanto nos incomodar grandemente.
Havia que deixar esta agradável cidade rumo a Norte.





A passagem na ponte para DUNDEE

Dundee

a requalificação da zona ribeirinha de Dundee
Pensamos parar para pernoita na pequena cidade piscatória de Stonehaven.
Estacionamos facilmente num parque a escassos metros do muito aprazível camping.
O _P_ em Stonehaven

Stonehaven




Até entramos já que as barreiras eram simbólicas. A recepção estava encerrada e optamos por visitar a pequena localidade.
Passeio não muito cansativo já que o essencial se viu em quinze minutos.
Distando 25 km de Aberdeen, ainda pensamos avançar de autocarro para a necessária visita, mas a opção tomada não seria a melhor.
Acontece que o Camping a 10 km da localidade estava repleto. Procurada a 2ª hipótese, dum ‘site’ Italiano, fomos parar a uns campos onde não vimos local adequado para ficar… e a outra hipótese de ir para um P&R saíu furada pois as coordenadas não batiam certo…
em todo o país as estradas tem inúmeros radares fixos - este é móvel e vimos inúmeros.
Nada de desesperar… outra alternativa aos inúmeros parques da cidade não apropriados para AC foi a de seguir para um parque natural próximo da Universidade a uns 4 km da cidade.
Mas aí sendo um local aprazível não nos mereceu confiança para pernoitar já que imaginamos ser local para a juventude em delírio ‘’dos copázios’ nos vir a incomodar.
Avançamos de ‘bus’ para a cidade deixando as ‘vivendas’ estacionadas no parque privativo de restaurante que acedeu ao pedido até às 22 horas.

as bandeirinhas... de PT e da Escócia
O Parque Natural de Aberdeen 
À chegada a Aberdeen City, o céu cinza ameaçava chuva e o posto de turismo havia encerrado há poucos minutos…
Como quem tem boca… vai a Roma… e a visita de há uma dezena de anos não estava bem presente n a retina, fomos indagando junto dos magotes de raparigas que iam para a folia…



ciganos? não sei... mas eram dezenas e dezenas de 'roulotes' sobre as relvas 
Conheci aqui igrejas transformadas em ‘Pub’s’… onde estão elas?
Ainda vimos umas três onde entramos sendo que uma quarta ‘’falíu’’… e na que nos restou, entramos para a necessária ‘’pink’’…
Uma certa desilusão pois os vestígios mais marcantes da igreja na sua parte interior, resumiam-se aos vitrais… tudo o resto foi sendo transformado e adaptado ao ‘pub’…
Aberdeen



Igreja ou 'Pub''?  PUB claro...
o interior da 'antiga igreja'...

Pub, claro!
aquando da minha anterior visita há já uma dezena de anos, esta funcionava... FALIU entretanto.
e vão 3! ''Pub'' - que já foi igreja



Adicionar legenda
e vão quatro! Igrejas / Pub




fomos à igreja... beber cerveja!!!




Lembro ter visto uma em que mantinham os ‘confessionários’ onde embutiram uma ‘slot machine’ e o palco ser o ‘altar-mor’… que pena…
Regressados vendo inúmeros jovens ‘com ar de serem de países de leste’ munidos de grades de cerveja, decidimos sair do Parque Natural para passar a noite no parque dum ‘Lidl’ a uns 100 mts..
Parque Natural: N 57º 10’ 20.4’’   -   W  002º 05’ 59.2’’
Lidl : N 57º 10’ 23.2’’   - w 002º 05’ 37.0’’
Percorridos: 3.163 Km ( dia 163 Km)
Dia 23 - 23.jun.13 - domingo
ABERDEEN – ELGIN – NAIRN – INVERNESS (Escócia) 
O amanhecer deu para entender que desta vez o mau tempo se aproximava.
Avançamos com uma chuvinha fraca que gradualmente se transformou em chuva abundante quase todo o percurso.


Elgin







Era nossa intenção ir fazendo paragens nas pequenas localidades até Inverness. Com o mau tempo a vontade de paragens não é muita. Neste caso apenas paramos para ir às compras, num ‘hiper’ em Elgin.
Chegamos ao Camping de Inverness mais próximo do centro da cidade (existem próximos outros espaços) mesmo se sendo domingo a oferta de estacionamento grátis era muita, mas como os meus acompanhantes estão com problemas no frigorífico optamos pelo Camping.
e esta tarde a ver em direto a minha cidade com 30ºC!!! 











o Castelo de Inverness
A Catedral
Mesmo se ainda chovia, revisitei a cidade que já mal recordava e sendo pequena, domingo e pouca gente nas ruas, foi ir e vir, junto ao rio, 3 km ida e volta.
Camping Bught Caravan Park : N 57º 27’ 55.0’’  W 004º 14’ 18.7’’  (£ 16,00 + £ 4,00 elet. Com wifi gratis)
Percorridos: 3.336 Km (dia 173 km )
Enviar um comentário