De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

terça-feira, junho 25, 2013

À descoberta da IRLANDA - ainda na Escócia e com sol. Dia 24 e 25 de viagem em Alexandria

Dia 24 - 24jun13 - 2ª. feira
 INVERNESS - FORT AUGUSTUS - FORT WILLIAM
À instantes verifiquei que o meu portátil estava inoperacional. Talvez um vírus ou o 'rato' imbutido.
Recorro ao portátil dos meus parceiros de viagem, contudo a tarefa não vai facilitar-me a vida... veremos...
Esta manhã partimos com chuva.
Havía-mos de reabastecer de gasóleo. Procuramos a estação de serviço do ''hiper - Morrisons', já que é um dos preços um pouco mais em conta.
O combustível no Reino Unido é bastante mais caro que noutros países. Pagamos 1 lit/ a £ 1,369 ( € 1,63!!!) e já vimos a £ 1,90!!! Em contrapartida a gasolina é mais em conta uns dez cêntimos.



 A já conhecida estrada junto ao Lock Ness obriga a atenção redobrada pois basta encostar à faixa central para as quadrículas divisórias incomodarem com a trepidação... e encostando à faixa esquerda, logo após a faixa pintada, uma distração e o despiste ocorrerá pois por vezes as bermas ficam logo ali e bem profundas...
Paramos no Lock Ness que por estar a chover e já ser conhecido, não me agradou dispender de € 10,00 para ver ruínas... sim, porque o ''monstro'' é uma lenda...
Quando por cá passei há uma dezena de anos, não me recordo quanto paguei, contudo do _P_ avistava-se o conjunto, o que agora é extremamente difícil já que os malvados deixaram crescer a vegetação para forçar a visita.
O lago Ness tem 39 km de comprimento e a largura máxima vai ao 1,5 Km e a sua profundidade atinge os 300 mts.




cerca de € 10,00 para ver ruínas e ''o monstro''



Lock Ness
Prosseguimos até Fort Augustus onde já havia almoçado na visita anterior. Local de forte pendor turístico.
Ali no Canal Caledonio, que liga as costas leste e oeste foi começado a construir em 1803. Demorou 19 anos a concluir.
O canal tem 29 comportas (eclusas), cuja utilização é feita por  barcos de recreio, o que contraria as intenções da Marinha Britânica que o pretendia utilizar, contudo as dimensões das comportas inviabilizam a passagem de barcos de grandes dimensões.
o almoço em Fort Augustus















ainda com neve - a serra mais alta do RU - 1 300 mts
Prosseguimos para Fort William, onde estacionamos para pernoita num enorme _P_ pago junto ao lago.
A chuva deixou-nos no final da tarde.
_P_  - N 56º 48' 51.3''   -   W 005º 07' 06.0''
Percorridos: 3.450 Km ( dia 173 Km )
O _P_ desta noite...
Fort William





O preço das uvas... € 1,80/meio kilo
Os meus 'vizinhos' Escoceses e Ingleses' pescam a escassos metros da AC
Glasgow

Dia 25 - 25jun13 - 3ª. feira
FORT WILLIAM - TYNDRUM - TARBET - LUSS - BALLOCH - ALEXANDRIA - GLASGOW
Afinal o problema do meu 'portátil' está sanada, graças ao telefonema com o meu Amigo Filipe do grupo ''Naturezas.com'', que me disse: ''ou é um vírus... e o melhor é trazeres... ou compras um 'rato' já que pode ter 'pifado' o 'sensor' do teclado...
Hoje em Glasgow, a solução foi encontrada!!! Obrigado Filipe.
A manhã surgiu entre o céu pouco ou muito nublado, o que apenas dificultou a tarefa dos meus Gps pois ia perdendo o 'sinal' amiúde.
Nada de grave já que o caminho era seguir 'em frente', embora com zonas em que o cuidado seria outro... a estrada estreitava de tempos a tempos e houve mesmo que parar para deixar passar quem era mais pesadão que a minha 'casinha'...


Lagos e mais lagos e os 'montes' que foram surgindo com altitudes que giravam entre os 800 a 1140 mts, sendo que a estrada pouco subia pois circulava-mos os sopés...
Muita gente de bicicleta e inúmeras viaturas paradas nas bermas pois muitas pessoas (sobretudo jovens), faziam caminhadas nas redondezas.

eletricidade com a água dos lagos? Não imaginava.


ainda pensamos pernoitar aqui... mas era muito cêdo...




Ainda pensamos ficar junto a um dos vários lagos - em Tarbet - mas, tendo lá almoçado, achamos por bem avançar um pouco mais em direção de Glasgow.
Tentamos próximo do percurso um local 'apropriado', mas tudo que fosse espaço de estacionamento seria privado...
Aquando da saída de Tarbet, tive o primeiro susto de condução... nada a ver com a condução 'pela esquerda' a que me habituei na primeira hora... é que com receio de avançar num cruzamento para dar prioridade a uma viatura, um camião 'TIR' que me precedia, não me bateu na retaguarda 'por um triz'... safa!!!
Finalmente fizemos um pequeno desvio em Balloch onde se inicia uma linha férrea suburbana de Glasgow, mas a dificuldade subsistiu, até que na povoação seguinte vimos placa a anunciar P&R da estação de combóios.
Já iamos pensando rumar ao 'camping' próximo da cidade uns 9 km, mas, esta solução superou essa ideia.
Vimos um local mais sossegado a uns 100 mts, e lá estacionamos.
A estação de combóios ali ao lado, deu para acalentar a ideia de percorrer os 30 km até Glasgow pela módica quantia de £ 5,60 (ida e volta).
Esta grande cidade cujo nome celta ''Glas cu'', significar ''querido lugar verde'', é mais ligada ao seu passado industrial, e já teve o título de segunda cidade do Império (depois de Londres).
GLASGOW

as estátuas tem todas os cabelos brancos!!!


a 'esta' não resisti...



ah... e a gaivota???
Confesso que a visita me atraíu mais que tudo o que havia lido até à data já que da visita que fiz à Escócia há uma década, nem paramos na cidade.
A cidade terá para cima de 700.000 habitantes.
Vi muita gente de bicicleta no meio do conturbado trânsito, espaços nos combóios para as bicicletas, mas também vi muitos 'sem abrigo' de idades várias.







muitos ''sem abrigo''
muitos prédios devolutos, mas ''bem disfarçados''...
apenas as lojas no r/c funcionam








as bicicletas em ruas de muito trânsito coabitam com os veículos automóveis




o regresso 'a casa''...
Melhor que isto? Com net + com tv - com sossego -  tudo ''grátis''
_P_ em Alexandria - Gps N 55º 59´06.7''  - W 004º 34' 45.0''
Percorridos: 3.593 Km ( dia   143 Km )    
Enviar um comentário