De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

domingo, maio 26, 2013

Um pulo à serra antes da partida

Mesmo sendo proibida a passagem, haveríamos de afastar a 'cancela' proibitiva pois com a falta de verbas... a fiscalização não funcionará
Não resisti a mais esta incursão às partes 'proibidas' do nosso PNPG.
Uma viagem de 4x4 de uma hora e tal, meio adormecido de noites pouco dormidas, pela EN Braga-Chaves, até a RUIVÂES já no distrito de Vila REAL.
Daí prosseguimos 'pelo alcatrão' em direção à Barragem de Paradela, sendo que a meio-caminho, prosseguimos por um pequeno estradão que ora trepava oura descia a serrania - uns bons 15 km - a velocidade de 5 a 10km/hora.
Deixamos os dois 'jeep's' na cercania da Lagoa do Marinho com uma manhã agradavelmente sentida onde os realces do azul celeste e os verdes das 'brandas' nos animaram na descida pedestre prevista.
A saída dos cerca de 1200 mts de altitude deu-se às 9,30horas.
Uns 6,5 Km de serpentear constante pelas encostas algo rudes já que o arvoredo nesta zona do PNPG é diminuta.
Despendemos duas horas no percurso até ao final do estradão já que fomos fazendo pequenas paragens para melhor apreciar a bela paisagem.
 Os verdes a brotar timidamente das encostas agrestes e rochosas.
da direita para a esquerda... sempre a descer ziguezagueando
 Lá em baixo, a cota era já de 840 mts.
Barragem do Porto da Lage
Barragem do Porto da Lage
o gado bovino atento à nossa presença
Atingido o objetivo, teríamos de encetar o regresso, pelo mesmo percurso, mas, sempre, sempre a subir...
as flores silvestres nesta época do ano
mesmo aqui, os fogos atacam a natureza impunemente
mais uma mini-barragem para desviar as águas para o outro lado da montanha.
de novo na Lagoa do Marinho
Mais duas horas na subida. 
Convenhamos que esta meia dúzia de km's,  foi custosa. Não nos arrependemos de o ter feito.
Numa escala de 0 a 5, classificaria esta caminhada montanheira como sendo de grau 3.
Restaurante da Ponte Nova de Cabril
E agora, como já vem sendo habitual, haveríamos de retemperar 'as forças' no Restaurante Nova Ponte de Cabril.
Cabril
De acordo com o previsto, dentro de dias, rumarei a novos horizontes.
Enviar um comentário