De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

sexta-feira, dezembro 28, 2012

Balanço 2012

A todos os que por aqui passaram, o meu bem hajam e votos de um Bom 2013
Neste período Europeu, entre perigosas sombras procuramos a luz ao fundo do túnel que nos indique um caminho, mas que não seja o do ouro do bandido das prometidas discursatas de engana tolos.
Os governantes jogam o nosso futuro aos dados,  por entre escombros e falsas promessas, entre feras insaciáveis e apetites antigos, como se a história não existisse e os nossos neurónios da memória se tivessem curto-circuitado num instante. 
Há tanta irracionalidade no ar a alimentar uma desesperante impotência e descrença, que só a frase minúscula, escutada  de um 1º ministro sem norte e sem dimensão, pode ilustrar: Para quê pensar no que pode acontecer em 2013 ou 2015? Ou seja, é a navegação à vista, o render das armas, a derrota da esperança, o funeral da ousadia da imaginação e da criatividade. 
Querem que fiquemos quedos e mudos à espera que passe a borrasca. 
Nem Salazar foi capaz de tanto.
Este ano que agora termina, não foi muito mau para mim em termos de saúde e viagens.
Sei que o que se avizinha nos irá amordaçar os movimentos viageiros. 
Há que procurar pequenos destinos e... Marrocos fica aqui ao lado... 
Temos de sair deste filme, pelo que faço votos para que os meus amigos que aqui passam neste modesto muro de viagens e também de lamentações, tenham - UM BOM 2013.
Para manter a chama acesa, sairei amanhã para ''entrar no novo ano'' a viajar.
Enviar um comentário