De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

domingo, outubro 14, 2012

Por cá.

Na recente viagem, liga-me um Amigo de Camarate a dizer que comprou a revista ''Viajar'' em autocaravana, que leu duas crónicas de viagem minhas.
Já o sabia pois fui previamente contatado para permitir tal publicação e até fui eu a escolher quais seriam pois queriam pequenas ''viagens caseiras''.
Duas páginas ilustradas de ''um salto à Galiza'' e outras quatro da ''Viagem pelo Património'' pela Beira Interior e Trás-os-Montes.
Em chegado, fui a um quiosque comprar a dita. 
Acedi com todo o gosto ao pedido, lamento contudo que a editora não tenha tido a gentileza de me enviar um exemplar... enfim... 

Tenho reparado com alguma curiosidade e surpresa, que diariamente ''passam os olhos'' pelo blog, pessoas das mais variadas partes do mundo. Grande parte dessas pessoas ''anónimas'' serão Portugueses que residem e trabalham em várias partes do globo.
A curiosidade vai sendo alimentada quando uma ou outra vez algum desses ''voieurs'' me escreve, como aconteceu recentemente com um português a trabalhar para uma companhia petrolífera em Luanda. O meu abraço para todos!
em outubro... a mergulhar no oceano... brbrbr 
Dias 6 e 7.OUT.12
Aver-o-Mar e Póvoa de Varzim
As saudades da nossa costa atlântica, levaram-me de novo ao sítio habitual, o imenso largo de Aver-o-Mar.
O sol  tornou o ambiente mais agradável e no local de estacionamento para pernoitar, as ondas de maré baixa estralejavam no areal o que quando assim é, me enche a alma de alegria.
saudado pelo ''Cego do Maio''
A caminhada pedestre fez-se até ao centro da Póvoa de Varzim onde muita gente circulava pelas estreitas ruas.
O Casino e, Fernando Pessoa
Próximo da zona de rebentação, alguém fruía da leitura defronte de todo este cenário belo onde a melodia do mar o deliciavam.
Ao chegar, ''a vizinhança'' trata de ''montar a tenda'', coisa que a mim não me agrada neste local, embora não veja grande mal na atitude...
Descobri que estacionando lá ao fundo do areal, se consegue ''Tdt'' e... wireless com 5 barras o que torna a opção ainda mais apetecível.
E assim voltamos ''à rotina caseira''.
Dias 9 a 11.Out.12
Estarreja - Angeja - Aveiro
Após duas grandes viagens ( 13.000 Km), nada melhor que visitar as ''oficinas'' da Albicampo em Angeja, para ajustar e afinar pequenos detalhes na ''casa rolante''.
Assim, saída com pernoita na AS de Estarreja para no dia seguinte no início da manhã deixar a AC e ''desta vez'' com a ''BTT'' percorrer caminhos que ladeiam os campos e o rio Vouga.
Mesmo se o céu cinza escuro ameaçava copiosa chuva, acabamos por olvidar a ameaça avançando pelo revitalizador percurso de verdes campos onde se avistava apenas muito gado bovino e se escutavam os chilreios de aves.
Já o meio dia chegava e acabei por me perder nas várias vias em torno do Parque Industrial de Aveiro, dificuldade finalmente superada com a ajuda de uma ou outra pessoa que por lá passava a pé.
 No regresso, já na EN109 que nos leva de Aveiro ao Porto, no viaduto que passa sobre a A25, achei por bem praticar uma boa ação.
É que ao passar por cima da junta de dilatação, as viaturas faziam um barulho estranho... a via tem imenso tráfego... numa breve acalmia avancei para o local ruidoso, e o que vi? Três enormes parafusos saídos que põem em perigo quem por lá passa... uma passagem no sítio certo... e pode um pneu rebentar... e depois?
Farei chegar a quem de direito a foto. 
Para pedalar, há que fazer a necessária paragem para almoço mesmo defronte da ''celulose de Cacia'' onde o indesejável odor nem sempre por ali anda. O repasto no já conhecido Restaurante à beira da estrada, ''RUCAS'' onde a comida muito saborosa e confecionada a forno a lenha. 
o ''Centro'' de Angeja com ''os locais'' a discutir ''política''...
Havia que ''ocupar'' o tempo pois a entrega da AC estava agendada para o fim de tarde.
O que fazer? Nada melhor que encostar a ''bike'' no largo central de Angeja e repousar num dos bancos disponíveis.


tudo serve para transportar ''as tralhas''
Reparti a tarde com o ''fechar os olhos'' e escutar a interessante ''discussão'' que os meus colegas idosos animadamente construiam.
Na rua, iam passando imensas ''máquinas agrícolas'', ''motorizadas'', vários ''papa-reformas'' ou ''mata-velhos'' e uma ou outra camioneta ''da carreira''...

A meio da tarde, entrei num ''café de aldeia'' para apreciar as gentes da terra que por lá passavam, sobretudo mulheres com ar de reformadas que tagarelavam entre elas.
Uma tarde diferente numa simpática ''aldeia'' onde o tempo passa mais devagar.
No final de dia, voltei a Aveiro para pernoitar na agradável margem do Canal de S. Roque.
Choveu durante a noite mas da parte da manhã o céu clareou permitindo o calmo regresso.
Enviar um comentário