De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) - África - -Angola - São Tomé e Príncipe (S. Tomé +Ilha Príncipe + Ilhéu das Rolas) - Ilhas - Madeira + Porto Santo + Açores (S.Miguel+Terceira+Pico)

quarta-feira, março 28, 2018

Dia 19 de viagem–26mar18– 2ª. feira

CABO DE PALOS – CARTAGENA
DSC_4962DSC_4964
Curta a viagem de hoje.
Chegados a Cartagena, cidade que no seu redor conta com cerca de 200.000 habitantes, estacionamos no local central não muito distante do Centro Histórico (ao pé de algumas instalações da Universidade Politécnica de Cartagena).
DSC_4916DSC_4917DSC_4918DSC_4919DSC_4920Um Anfiteatro Romano que virou Praça de Touros e agora esperemos volte às origens,DSC_4921
Com o dia soalheiro, visitamos a parte central da cidade. Após o almoço, a decisão de por cá continuar imperou.
DSC_4924DSC_4925DSC_4926DSC_4927DSC_4928DSC_4929DSC_4930DSC_4931DSC_4939DSC_4940DSC_4941DSC_4942DSC_4943DSC_4944
Fizemo-nos de novo à cidade e perante a informação de que pelas 21 horas haveria procissão, para lá voltamos.
DSC_4945DSC_4946DSC_4947DSC_4948DSC_4956DSC_4957DSC_4965
O porto natural de Cartagena segundo rezam os livros, foi construído no ano 223 a.c. pelos cartagineses, que o chamaram ‘’Quart Hadas’’ (Cidade Nova). Depois de conquistar a cidade no ano de 209 a.C., os Romanos rebatizaram a cidade de ‘’Carthago Nova’’.
Cartagena terá perdido importância na Idade Média, contudo, o prestígio voltou no séc XVIII ao converter-se numa importante base naval.
DSC_4966DSC_4967DSC_4968DSC_4969DSC_4970DSC_4971DSC_4972DSC_4973DSC_4974DSC_4975
Logo a seguir ao belo edifício do Ayuntamiento, termina a rua mais importante da cidade, a ‘’calle Mayor, bordeada de edifícios majestosos com varandas de ferro trabalhado.
DSC_4976
O percurso para a procissão. Quem quer cadeira, paga!
As escavações efetuadas na cidade deram à luz do dia uma rua romana e a muralha Bizantina que foi construída entre os anos 589 e 590.
DSC_4977DSC_4978DSC00818DSC00820DSC00821DSC00822DSC00825
Na maior parte das ruas e ruelas encontrei dezenas de prédios apenas com as fachadas levantadas. Dizem-me que alguns caíram por vontade dos proprietários mas que outros ainda serão vestígios da Guerra Civil Espanhola.
DSC_4922DSC_4923
Nos estaleiros do Porto deparei-me com um ‘monstro’ que mais parecia um edifício ou armazém modernista.
DSC_4936
Puro engano – um veleiro com 3 mastros modernos e enormes – propriedade de um cidadão Russo, que não tendo aceite o valor pedido pela sua reabilitação entrou em litígio com os estaleiros e por ali tem ficado tempos sem fim.
DSC_4938DSC_4951DSC_4952DSC_4953DSC_4954DSC_4955
À noite, a procissão menos importante das que se realizarão até domingo, passou e primou pelas diferenças entre outras a que assisti noutros Países.
DSC00826DSC00827DSC00828DSC00829DSC00830DSC00831DSC00832DSC00833DSC00834DSC00835DSC00836DSC00837DSC00838DSC00839DSC00840DSC00845DSC00846DSC00847DSC00848DSC00849DSC00850DSC00851DSC00852DSC00853DSC00854DSC00855DSC00856DSC00857DSC00858DSC00859DSC00860DSC00861
Entremeadas em partes várias da procissão, famílias inteiras distribuíam sobretudo pelas crianças da assistência, rebuçados.
DSC00862DSC00863DSC00864DSC00865DSC00867DSC00868
Os andores bem iluminados seguiam sobre rodas puxadas por dentro da estrutura pelos participantes.
No final, o andor da ‘Santíssima Virgen de la Piedad’ em ombros de dezenas de homens dava por finalizada a procissão.
Gps:DSC00823DSC00824
Percorridos: 2.065 Kms ( dia 34 Kms )


Enviar um comentário