De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

segunda-feira, setembro 26, 2016

Aqui por casa também se viaja

BRAGA – fins de agosto
errejota
Graças às tecnologias constato que um casal Galêgo da Corunha se encontrava a uma quinzena de km’s de Braga.
O desafio surge num ímpeto… vamos almoçar para que as nossas trocas de galhardetes não o sejam apenas virtuais?
E… lá fomos partilhando vivências dos nossos interesses comuns.
14192132_10209832484904093_733346896185190232_n
BRAGA – 17 de setembro de 2016
Ao passar num Largo próximo da minha casa, avisto uma Autocaravana,
Mesmo se tenha hesitado, não resisti e fui ver quem seria que ali ia ficar.
Olha o Luis… logo a seguir… olha a Marília… um simpático e interessante casal ali das bandas de Cascais que havíamos conhecido faz já quatro anos em Tagazoute/Marrocos.
Foi mesmo uma sorte já que haviam trocado a anterior AC por esta.
marilia luis 17set
BRAGA – 19 de setembro de 2016
Dado que no domingo já tinha compromissos, apalavramos o reencontro para em conjunto com a Emília e Artur (meus parceiros nessa viagem a Marrocos) almoçarmos conjuntamente.
Marilia quinteto 19set
DSC04962
Dado que ambos tocam instrumentos de corda (ela cavaquinho e ele bandolim), e a Marília havia mostrado interesse em adquirir mais um Cavaquinho para as suas lides musicais,  nada melhor que procurarmos quem os faz. Já lá haviam estado em tempos mas sem encontrar o ‘Mestre’.
DSC04963DSC04964
Começamos por visitar a oficina do Artesão.
Tivemos a sorte de encontrar a trabalhar o Sr Domingos Machado e o seu filho. 
Uma grande mesa de trabalho, gasta pelo tempo e os adereços próprios do ofício: moldes que darão forma às violas, guitarras, cavaquinhos e outros instrumentos; álcool, colas, vernizes, etc.
Com a Marília de cavaquinho na mão, o Sr Machado, convidou-nos a visitar o seu Museu.
O Museu de Cordofones de Domingos Machado, foi inaugurado a 22 de Setembro de 1995. O museu está instalado numa casa de aspecto agradável, edificada em pedra recentemente, em Tebosa, face à estrada Nacional.
É um Museu particular, que pertence a Domingos Machado. O seu proprietário não beneficiou de qualquer apoio, subsídio ou contributo.
No primeiro andar do edifício, estão expostas várias colecções de instrumentos de corda: cavaquinhos, violas clássicas, guitarras, bajos, banjolins, bandolins e violas típicas. O visitante pode visualizar , as alfaias utilizadas na sua confecção, e as várias etapas da construção de um cavaquinho. Podemos ainda encontrar muita documentação sobre a sua obra, bibliografia, algumas obras de arte (quase tudo oferta de amigos), objectos vários, e fotos.
Domingos Machado, é considerado o mais célebre português no fabrico de instrumentos de corda tradicionais.
DSC04965DSC04966DSC04967DSC04968DSC04969DSC04970DSC04971DSC04972DSC04973
Uma rotina quebrada com estes pequenos e agradáveis convívios.







Enviar um comentário