De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

sábado, maio 05, 2012

Rumo a Sul - Sentir o País / Dias 6 a 9

Fuzeta - Algarve
Diário de Viagem
Destino: Rumo a Sul - Sentir o País
Dias 6 a 9
6º Dia - 26.abr.12 - 5ª Feira
GALÉ - ALGOZ - S. BARTOLOMEU DE MESSINES- SILVES
Meti-me de novo à estrada, deixando para trás os meus amigos e restante família.
O percurso escolhido foi de passar por Algoz, povoação que para quem como eu a conheço desde há 30 anos, cresceu exponencialmente… impressionante, uma terra interior Algarvia… 
Chegada de novo a Messines, onde havia ainda ‘’assuntos pendentes’’ com o Amigo Duarte. Entremeado com o seu trabalho do quotidiano lá me foi dando apoio para facilitar as minhas viagens. Estive com ele seguramente umas cinco horas dando ainda tempo para trocar impressões de viagens com o seu pai. O meu abraço reconhecido ao Duarte pela disponibilidade e simpatia.
S.Bartolomeu de Messines
Ao sairmos os dois do seu escritório, junto a uma pequena indústria de panificação, apontou-me para um grupo de uma trintena de pessoas com ar de pobres, que diariamente ali acorrem para receber as ‘’sobras de pão’’… é chocante ver gente no meu país que já não tem o que comer… triste mesmo e revoltante.
A pernoita em Silves onde como vai sendo habitual ‘’residem’’ várias dezenas de AC de outros países.
Percorridos: 775 Km (Dia 40 Km)
7º Dia - 27.abr.12 - 6ª Feira
SILVES - PORTIMÃO - GALÉ - QUARTEIRA
Portimão
Manhã cedo rumei a Portimão. O Gps levou-me ao ‘’centro’’ por estreitas ruas onde os locais estacionavam de forma a dificultar a passagem e manobra de uma viatura de 2,30 x 7 mts… mas… lá cheguei a um P contíguo à velha ponte para Ferragudo.
O objetivo da ida a Portimão deve-se ao facto de me terem dito que havia voltado ‘’à terra’’ um velho amigo e companheiro da guerra colonial em Angola.
Liguei-lhe, mas, teria de ser eu a ir ter com ele já que ’’deixou de ver’’ devida a doença (diabetes)…
Voltei a atravessar as complicadas ruas de Portimão indo estacionar ao pé da Escola Secundária José Régio, já na saída para a Praia da Rocha.
O meu Amigo Algarvio
Ao chegar a sua casa, avistei-o logo… ainda lhe acenei pois o seu olhar em nossa direção fez-nos pensar que tinha visão… não… de bengala… o abraço… de quem talvez de todos os velhos amigos que conheço mais países tenha conhecido sempre na busca de ’’novos horizontes’’…
À mesa do café foram chegando vários dos seus amigos, um Moçambicano, um Marroquino, outro Francês… sempre rodeado de amigos que conhecem a sua vivida e preenchida história. 
Não perdeu a sua alegria para recontar as suas venturas e desventuras desde a Austrália, à Turquia, ao barco da marinha mercante onde trabalhou, ao Brasil, Canadá… uma enciclopédia de vivências que há cerca de dois anos terminou com a chegada da doença. 
Três horas de um convívio salutar e o meu apoio solidário para quem perdeu aquilo que considero ‘’A Luz da Vida’’ que é a visão.
A promessa de que na Universidade da minha cidade, procurarei ver da possibilidade de lhe dar uma esperança de ter acesso a programa informático apropriado para invisuais. 
O meu apelo a quem saiba como o obter, me dê informação sobre o mesmo.
Após a despedida, passei por alguns ‘’sem terra’’ que viverão sem nenhuma esperança… e a quem ninguém presta atenção. 
Na Galé inúmeras vivendas para alugar...
Vivemos efetivamente num Mundo Cão, onde os que o são, felizmente vão tendo quem olhe por eles!
a passagem em Albufeira... 
A viagem prosseguiu pela Galé onde retomei os meus amigos de viagem e de onde partimos para a nova AS da Quarteira que tem um espaço considerável e cujos preços divulgo: AC € 2,00 (Elet € 2,00  Àgua € 2,00 e Wc grátis) - A 3 km da Quarteira.
Dado que o espaço é utilizado às 4as. Feiras, as AC vão para parque fechado anexo - grátis.
A ida às compras ao ‘’Lidl’’ contíguo e um passeio pedestre pelos arruados onde as vivendas circundadas por espaços arbóreos abundam.
AS para AC da Quarteira
Um fim de dia com o sol a pôr-se em céu limpo.
AS Gps: N 37º 04’ 23.9’’   /   W 8º 04’ 37.1’’
Percorridos: 857 Km (Dia 82 Km)
Estói
8º Dia - 28.ABR.12 - SÁBADO
QUARTEIRA - ESTÓI - OLHÃO - FUZETA
Estói
ruela de Estói
Estoi é uma pequena grande aldeia situada entre São Brás de Alportel e Faro. O visitante desta magnifica aldeia da serra algarvia, não procura certamente as praias, mas sim toda uma riqueza arquitectónica de um património nacional incontornável.
Estói - detalhe...
Rumamos ligeiramente a Norte para conhecer a aldeia de Estói onde há cerca de um ano criaram uma AS.
Estói
Uma terra simpática e típica Algarvia.
AS de Estói
poesia da terra
Entre as tipicas casas algarvias, de ruas floridas, encontra-se um palácio de estilo rocócó que parece retirado de uma história de reis e rainhas, de jardins enfeitados com laranjeiras e palmeiras. Perto e também com uma conotação histórica marcante estão as ruínas romanas de Milreu.
bizarrias algarvias
Estoi é um destino de serra, numa aldeia pacata onde se é seguramente bem recebido e de onde se trazem recordações gastronómicas inesquecíveis. 
O ''centro'' de Estói
Prosseguimos em direção ao mar, parando no Parque de Campismo dos Bancários que tem muito bom aspeto e os preços convidativos.
Ali a 300 mts próximo das dunas da Ria Formosa (Pinheiros de Marim), surgiu a ‘’Casa de Pasto’’ de Arménio Jacinto José onde sem prever almoçamos. Peixe, claro, com ‘’cadelinhas’’ como entrada e salada, pão, bebida e café tudo por € 8,00! Recomendo.
A simpática ''tasquinha'' de Olhão.
De novo a caminho, desta vez ao porto de pesca da Fuzeta mesmo ao lado da Ria Formosa e do simpático e acessível camping.
ali estacionamos... ali pernoitamos.
Em chegando da passeata pedestre... uma chuva diluviana caíu sobre a AC...
Pelas 4 da tarde, depois de uma tarde de sol, surgiu num ápice uma valente e forte chuvada, que depressa se sumiu.
O espaço envolvente vendo-se a nossa casinha ao fundo...


Fuzeta
Uma saída para Restaurante já conhecido dos meus parceiros de viagem, Restaurante ‘’Capri’’, na Praça da República (mesmo no centro da Fuzeta), onde acedemos a alguns ‘’pitéus marinhos’’ e findamos com peixe assado.
brincar... ainda não paga imposto...
Um dia para esquecer a crise e ajudar a recuperar a economia do País…
P  - Gps N 37º 03’ 07.4’’ / W 7º 44’ 34.1’’
Percorridos: 905 Km (Dia 48 Km)
9º Dia - 29.ABR.12 - DOMINGO
FUZETA - MANTA ROTA
Uma curta viagem com paragem para reabastecimento em hipermercado em Tavira.
O dia manteve-se pouco nublado, com abertas constantes e queda de chuva espaçadamente por curtos períodos.
AS de Manta Rota


A AS que funciona de Outubro a Abril




Chegada à magnífica AS criada há bem pouco tempo, gerida por Empresa Municipal.
Nos períodos de ‘’baixa’’ - de Novembro a Abril - a ocupação diária rondava as 100 AC!… a € 4,00/cada… mas… segundo nos informaram o Parque passará durante o período estival para veículos ligeiros por ser ainda mais rentável…
Local previlegiado, amplo, com estrutura de manutenção grátis (elet. Paga), tem ao lado as dunas e o mar… a menos de 50 mts.
As entradas são permitidas apenas até às 17 h.. o que não faz sentido algum!
Devido à ‘’ponte’’, são muitos os AC espanhóis que o frequentam. Aqui captam-se 5 canais de TV espanhola em TDT.
Gps: N 37º 09’ 51.4’’ / W 7º. 31’ 18.3’’
Percorridos: 935 Km (Dia 30 Km)

Enviar um comentário