De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

sábado, maio 05, 2012

Rumo a Sul - Sentir o País / Dias 10 e 11

10º Dia - 30.ABR.12 - 2ª. FEIRA
MANTA ROTA - AYAMONTE (ESP) - ISLA CRISTINA (ESP) - V.R.STO ANTÓNIO (P)
AS Manta Rota
Após o despertar, os meus parceiros seguiram para V.R.Stº António já que haviam telefonado para o Centro de Saúde a saber se seria fácil aceder a consulta médica.
Saí um pouco mais tarde e, ainda não havia chegado eis que me avisam que as funcionárias que o atenderam ao telefone já estavam à porta do Centro de Saúde a fruir do sol matinal. Entraram de imediato e dois médicos tagarelavam a aguardar os pacientes que ainda não haviam chegado… enfim… sem comentários…
O ''shatle'' dos ''errantes''... o ''canito'' corre abrigado pela carroça...
A paragem na AS para AC, junto ao Guadiana e posterior saída para trair a economia da Pátria, indo a Ayamonte e Isla Cristina para abastecer a dispensa, a viatura ( gasóleo a € 1,27!!!) e gas (1 botija propano a € 14,00!)… que dizer? Nadie!!!…
A curta viagem até Ayamonte numa tarde de sol com poucas nuvens.
A bonita ponte internacional entre os dois países.
Já na outra margem com a ponte distante...
A bonita localidade de Isla Cristina para lá de Ayamonte...
A exemplo do lado de cá, zonas de salinas...
E de novo o regresso ''à Pátria''...
A chegada de novo ao bairro de AC de V.R.Stº António onde uma Empresa Municipal gere o espaço portuário para estacionamento por 10 anos.
Nada fizeram no espaço… e as mais-valias anunciadas, não são significativas… net… pouco potente, eletricidade 2 horas, piscina?… duche?… tudo por € 4,00/dia.
Após o jantar,  o percurso pedestre no bonito centro citadino.
Gps N 37º 11’ 946 / W 7º 24’ 954
Percorridos: 1.016 Km (Dia 81 Km)
11º Dia - 1.MAI.12 - 3ª. FEIRA
V.REAL STº ANTÓNIO - BEJA - CORUCHE - ANCIÃO - COIMBRA - BRAGA
O despertar às 9 da manhã através do toque do telemóvel.
A notícia já esperada mas indesejada… o falecimento do meu amigo no IPO do Porto.
a passagem na AS Castro Marim para descargas...
Mesmo sob um dia soalheiro apetecível para continuar pelo Algarve, mesmo havendo agendado o almoço de aniversário do Artur que me acompanha em mais este périplo… a decisão não poderia ser outra… acompanhar a despedida e dar o abraço solidário ao meu recém-pendura JNunoG e irmão (filhos do Amigo que partiu), e  demais família.
Às 10h da manhã, o início do O REGRESSO.
Volvidos 60 km, após Mértola, as nuvens de ‘’algodão’’ começaram a dar lugar às negras e carregadas de chuva. A passagem em Beja ocorreu com chuva permanente e incómoda.
Subi o País quase de lés-a-lés sempre com mau tempo, alternado por uma ou outra aberta.
Travessia da ponte sobre o Tejo na Chamusca
Desde as proximidades de Tomar que contrariando os 2 Gps... segui por recente AE em direção a Ourém... mas... já próximo, a AE estava barrada pelo que tive de ''subir'' a direito por aldeias jamais por mim visitadas como... Agroal, Formigais, Ramalheira, Freixianda... até Ansião... ''minha nossa''...

Seiscentos km de estradas nacionais e após dez horas de cansativa viagem, optei por de Grijó a Braga fazer o percurso pela A3, com chegada a casa às 20,30h.
Percorridos: 1.665 Km (Dia 649 Km)
Enviar um comentário