De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

segunda-feira, março 26, 2012

Viva o Património Histórico ( Dia 5 )

Almeida
Dia 5 - 25.MAR.12 - Domingo
ALMEIDA – CASTELO BOM – CASTELO MENDO – VILAR FORMOSO – ALMEIDA
Manhã dedicada à restante visita da Vila de  Almeida, desta feita do Museu Histórico Militar.


A brincar com a história...

a AS para AC de Almeida - Wc, eletricidade, água e despejos - Grátis
Após o almoço, rumamos à aldeia de Castelo Bom que mereceu paragem para visita.
Já dentro das muralhas de Castelo Bom
O meio envolvente de Castelo Bom


Lá no alto a bonita igreja, onde se escutavam rezas… pelo que ao ver a chave na porta, entramos tendo-nos deparado com uma dúzia de idosas a rezar o terço. Não nos largavam do olhar desatento ao ‘’trá-la-rá’’ das ‘’orações’’, ao ponto de uma delas nos ter dado um berro quando simulamos sacar uma foto do lindíssimo púlpito…  
Já no exterior, lamentamos o fato a uma das ‘’devotas’’ que nos disse que eram ‘’ordens’’ do senhor padre!!!... Valha-me Satanás!

Uma casa de Castelo Bom

Seguimos então atravessando o rio Côa até chegarmos à aldeia Medieval de Castelo Mendo.
Às portas de Castelo Mendo

A aldeia terá sido ocupada desde a Idade do Bronze e ainda hoje apresenta vestígios da sua romanização. O seu conjunto urbano e fortificação militar apresentam, na atualidade, traços inequívocos da arquitetura medieval. Pena proliferarem edifícios que não respeitam a traça original da aldeia e verificarmos que alguns deles estão mesmo em fase de ruína.
A decadência generalizada da aldeia terá acontecido após o avanço da fronteira em 1297 para a margem direita do Rio Côa.

ficas aí, junto ao Pelourinho... o atrelado, não...
O Pelourinho de Castelo Mendo
Não foi possível a visita à Igreja de S. Vicente, do Século XIII por a mesma se encontrar encerrada.
O belo pelourinho na praça de seu nome, data do Sécº. XVI. De construção granítica, no seu cume sobressai uma ‘’gaiola’’. É constituído por seis degraus e tem sete metros de altura, sendo um dos mais elevados da Beira.





a entrada do gato? Pois então... é ali...

O trator no Pelourinho... e o atrelado, na viela...
Óh Amigo... qual regime qual carapuça... vá lá... um dia, não são dias...
Ao passar numa casinha bem conservada, fomos convidados pela jovem Maria Rosa a entrar pois a sua mãe Conceição vendia artesanato.
Uma conversita sobre a vida na terra desenrolou-se com a mãe e filha que não perderam a oportunidade para publicitar a ‘’Casa do Corro’’ que é explorada pela Maria Rosa como Turismo Local www.casadocorro.com.
A casa da  Dona Conceição (Amélia) que aguarda os clientes que buscam artesanato local .
Havia que reabastecer de combustível a AC, rumamos então a Vilar Formoso onde 4 Estações de Serviço estavam encerradas já com ar de abandono. Do lado Espanhol em Fuentes de Onoro, abastecemos no posto Galp ao preço que abasteceria em Portugal na BP utilizando o cartão Visa da gasolineira.
Finalmente e sem contar, visitamos a AS para AC dos Armazéns ZáZá em Vilar Formoso – GPS N 40º 36’ 55.8’’ W 006º 50’ 19.5’’. Alcatroada, um pouco barulhenta pois fica ao pé da Rua, é taxada em € 5,00 (24h.) + € 1,50 eletricidade (facultativa).
Decidido voltar a Almeida pois na visita matinal descobrimos que há uns 5 anos abriram uma entrada larga para permitir entrar na Vila fortificada viaturas mais corpulentas, e ‘’entre muros’’ construíram uns magníficos sanitários com área de estacionamento, local para descarga de ‘’cassetes de AC’’ e duas tomadas de eletricidade grátis. A descarga de águas cinzentas faz-se numa tampa de saneamento que dispõe de ‘’asa’’ para a sua abertura (o único aspeto negativo).
AS – N 40º 43’ 39.3’’   /  W 006º 54’ 16.4’’  ou (L41.545435 /W 006º 54’ 16.4’’)
Percorridos: 573 Km  (dia: 60 km)
Enviar um comentário