De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

segunda-feira, março 05, 2012

Baiona - GALIZA / ''Arribada 2012''

Com a manhã de copiosa chuva, o céu começou a clarear ao chegar a Vila Nova de Cerveira
Dias 3 MARÇO 2012 - Sábado
BAIONA Galiza - ARRIBADA 2012
Finalmente, ao fim de 3 meses, a chuva regressou, embora, dizem, por pouco tempo.
A vontade de sair não era muita, mas a vontade de viajar superou a primeira.
Os nossos amigos habituais de viagem esperavam em Vila Nova de Cerveira razão pela qual fizemos um percurso um pouco mais longo mas mais rápido.
A ponte entre V N Cerveira e a Galiza
Assim, em chegados a Ponte de Lima, aproveitamos para viajar pela ''scut grátis'' que daí vai até Viana do Castelo, prosseguindo pela idêntica via (A28) também ela grátis até Cerveira.
Objetivo? Decidido visitar um cantinho da Galiza, mesmo aqui ao lado.
Logo após La Guardia
O percurso indicado pelo Gps era ''um corte a direito'' pelo interior mas, preferimos contornar a costa por La Guardia ( A Guarda ) defronte de Caminha.
O Castelo de Baiona
Finalmente a chegada a Bayona, destino da curta viagem.
A marina de Baiona
A pequena localidade estava pejada de forasteiros que a pé percorriam a avenida marginal para assistir à ''ARRIBADA''. Vimo-nos gregos para estacionar, tendo-o conseguido no parque natural que ladeia o Camping local. 
Estacionada a ''casa rolante'', havia que meter os pés a caminho para a Festa Medieval. A pé, sempre à beira mar até ao Castelo (uns 3 km apenas).
É super agradável caminhar pelas dunas e à beira ''rias'' escutando a passarada que abunda na área.
A baía de Baiona é extremamente calma pois encontra-se protegida dos ventos norte e das marés agressivas. 
A pequenês dos barcos posicionados na baía é uma prova disso.
Para quem pretenda visitar as Islas Cies, pode fazê-lo daqui pois existe um ''catamaran'' que faz a ligação às ilhas.
No percurso pedonal cruzamos por centenas de locais trajados com vestes alusivas ao séc XV, evocando a chegada da ''Caravela Pinta''.
Caravela Pinta, foi uma das caravelas que integrou a expedição do Almirante Cristóvão Colombo na viagem em que, navegando para oeste pelo Oceano Atlântico, veio a descobrir o Continente Americano (1492).
Era a melhor e mais rápida embarcação da expedição: foi a bordo dela que, a 12 de Outubro de 1492, Rodrigo de Triana primeiro avistou o Novo Mundo. Tinha 20 metros de comprimento por sete metros de largura e a capacidade aproximada de 60 toneladas. Era tripulada por vinte e seis homens.
Réplica da Caravela PINTA
No regresso  devido a tempestade ao largo dos Açores em vez de arribar a Huelva, veio parar à Baía de Baiona, daí as comemorações anuais no primeiro fim de semana de Março.
O programa das festividades é repleto de eventos diversos, desde a Gastronomia, demonstrações de falcoaria, com aves de rapina, como águias, falcões e abutres, alguns cavaleiros de torneio medievais que lutam pelo amor de uma princesa na praia da Ribeira, a antiga fortaleza medieval. 
A parte velha da urbe fica repleta de músicos, trovadores, malabaristas e artesãos. 
As lutas a cavalo, no areal junto ao castelo

Todo o bulício decorre no areal junto ao castelo - onde próximo está uma réplica da ''pinta''-  até ao casco histórico da terra onde nas apertadas ruas e vielas, dezenas e dezenas de bancas de artesanato e de comes e bebes animam e cativam os visitantes. 

Um jovem casal ''janota''.
Uma pequena mostra de animais... galinholas, cabras... etc
Geminada com Vila do Bispo
Os ''da terra'', mostram o que de bom tem...

A gastronomia Galêga
Pão para todos os gostos...
As belas tartes...
As ''artes ancestrais''
A Câmara Municipal
O artesanato evoca a época
Com a chegada da noite... a pernoita calma mas chuvosa.
Dia 4 MARÇO 2012 - Domingo
Logo à porta ... o agradável chilrear...
O amanhecer com ''net via wireless do camping'' e o agradável chilreio destes lindos passaritos. 
Regressamos à Festa e havia quem o fizesse nestes ecológicos meios de transporte.
Um repetir de caminhada para abrir o apetite para almoço.
A pé, de bicicleta e a cavalo, tudo vale para ultrapassar o repleto estacionamento automóvel.
Nas ruas, antes de participarem com os lindos voos, cruzamo-nos por belas aves.


A arte de esgrimir...
Animação a rodos nas estreitas vielas...



O avantajado Programa da ''Arribada''



Havia que regressar após esta agradável digressão na Galiza raiana.
Desta vez apontamos a TUY para as necessárias ''transfegas'' na AS para AC.
Como de Espanha ainda chegam bons ventos... aproveitamos para fazer compras caseiras (o IVA é menor), abastecer de combustível (gasóleo € 1,35) e... ainda... adquirir na Repsol ''botijas'' de gas a € 5,00 acrescido do gas paguei: € 18,34 - sendo que em Portugal, apenas o gas custa € 23,00!!!
Os campos lavrados do Vale do Lima tendo como pano de fundo a bela Serra D'Arga
O regresso, fez-se com muito sol, por Caminha, Viana do Castelo e, para não repetir percursos... pela linda paisagem do Alto Minho que vai de Viana pela margem esquerda do Lima até Ponte de Lima.
Percorridos: 315 Km 
Enviar um comentário