De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

sexta-feira, maio 13, 2011

A caminho de BARRANCOS I


Parque de Lazer na Mealhada
Dia 1 – 11.MAI.11 – 4ª. Feira
BRAGA – MEALHADA - ESTARREJA – COIMBRA – CONDEIXA
Dia soalheiro e quente.
Uma vez mais com passagem no novo espaço verde da Mealhada onde sempre caminham pessoas. Um regalo verificar que uma pequena localidade criou um espaço que a população frui, sinónimo de que foi uma boa aposta.
De Braga a Condeixa
Havíamos pensado ficar em Coimbra, do outro lado do Mondego na AS para Ac… mas… lá chegado… ainda que com um ‘’residente alemão’’, decidi rumar a outro destino, é que o ‘’ruído’’ já era tanto, que prometia noite agitada pois nem me lembrei que estávamos em plena ‘’queima das fitas’’, e… ‘’gato escaldado’’…
AS de Coimbra - na semana da ''queima'' nem pensar...
Não longe dali sabia existir um espaço para AC em Condeixa. Para lá me dirigi mesmo sem saber onde se situa o novo espaço. Passei  por ruas estreitas e finalmente a placa indicativa que me evitou parar para perguntar.
Trata-se de espaço contíguo a Escola onde passei a ser o único residente.
Já a noite caía e eis que chega uma viatura da GNR a encaminhar AC espanhola para o local… mesmo se não tinha receios de espécie alguma, já não fiquei só…
Pelas notícias vim a saber que um tremor de terra abalou a cidade espanhola onde estive há menos de dois meses… Múrcia… e ainda há pouco… o atentado em Marrakeche no café onde passo uns instantes quando lá vou… é assim a vida…  as coisas acontecem num dia e numa hora em que lá não estamos… e… ainda bem.
Percorridos: 200 Km
Castelo de Penela
Dia 2 – 12.MAI.11 – 5ª. Feira
CONDEIXA – PENELA – TOMAR
Condeixa a Tomar
Amanhecer coberto de névoa e saída em direcção a PENELA. Estrada de bom piso e bastantes camiões em sentido contrário. Com a crise já vejo que quem pode foge às portagens das auto-estradas.
Penela
Ao chegar a Penela apontei o GPS para o ‘’parque de campismo’’ por circularem notícias de que o mesmo tinha reaberto como AS para AC. A verdade é que as placas ainda indicam a existência do Parque, mas lá chegado a surpresa foi grande,… é que o Parque foi remodelado, tem até placa alusiva à inauguração no passado recente (25 de Abril), mas o portão está encerrado.
Apontei a objetiva por entre a rede da entrada, nota-se que a AS inaugurada, não pode dar acesso a AC
Placa indicativa de ''camping'' que vai ser substituída
A inauguração... a 25 de Abril
Logo à entrada... é claro... AS para AC... mas não para já... em breve...
Verifiquei que o acesso a AC não podia ser feito já que o caminho de entrada é estreito e tem algumas árvores que não permitiriam a passagem de AC.
Contornei em direcção ao castelo, mas por ver que o acesso era de vielas apertadas, optei por estacionar no parque escondido nas traseiras da escola profissional. Um bom local para pernoitar.
A pé segui em direcção ao castelo e no posto de turismo coloquei a questão.
A autarquia está a envidar esforços para atrair turistas, é verdade que a AS está ‘’em agenda’’, não se sabe se a breve trecho se não, e a AS irá abrir. As placas que substituirão as atuais de parque de campismo já estarão encomendadas, as árvores que impedem o acesso irão ser retiradas, e… até lá recomendo o estacionamento e pernoita no local onde aparquei.
Penela
Rua de Penela
Castelo de Penela
detalhe castelo de Penela
Igreja Penela
Visita efetuada prossegui em direcção a Tomar onde decididamente apontei para o Parque de Campismo Municipal, por ser um belo local ‘’verde’’ e os preços praticados serem aceitáveis, onde almocei e o calor convidou a uma soneca retemperadora após o almoço.
Há dois anos que não visitava o Parque. Continua a ser uma boa aposta pois os WC são bons e a electricidade está incluída no preço.
Na receção os folhetos disponibilizados convidam à visita no próximo mês de Julho às Festas dos Tabuleiros que se realizam de 4 em 4 anos.
Percorridos: 275 Km  (Dia 75 Km)
Tomar
Dia 3 - Sexta-Feira13.MAI.11
TOMAR – GOLEGÃ – CHAMUSCA – ALPIARÇA – ALMEIRIM – CORUCHE – MONTEMOR - ÉVORA - REGUENGOS DE MONSARAZ  – MONSARAZ
Pelas dez da manhã fui pagar a estadia… uns módicos € 8,00… questionei se podia sair um pouco após as 12 horas… que sim… podia sair após o almoço… ou melhor se o pretender… após a ‘’sesta’’…
Rio Nabão
Igreja S. João Batista
Meti pés ao caminho em direcção ao Castelo e Convento de Cristo…  estranho o caminho pedestre não se encontrar assinalado… entendi depois… o mesmo está em muito mau estado… a calçada aqui e ali pura e simplesmente sumiu… uma pena…
Convento de Cristo
detalhe
Cheguei a escorrer água pois a brisa que corria não foi suficiente para neutralizar o esforço da subida. Para entrar havia que desembolsar  € 6,00… não será muito pois trata-se de conjunto protegido e classificado pela UNESCO como Património Mundial. 
Olhar
Atendendo aos prenúncios de crise, fiz aquilo que é já um Património Imaterial dos ''portugas''...  paguei metade pois como ia suado referi que já havia completado os 65 anos que permitem a redução… como argumentei? Pois que o Bilhete de Identidade havia ficado no ‘’camping’’… acho que estou perdoado.
Algo está desenquadrado na foto do ''grande claustro''... alguém adivinha???
Dispenso-me de comentar o que vi na visita de duas horas pois na net é muito fácil encontrar toda a informação necessária - CONVENTO DE CRISTO.

a nave 
Linda... ''a charola'' vista da nave da igreja
''os putos''...
O núcleo do mosteiro é a Charola do século XII
Cheguei à conclusão de que não teria ainda visitado este valioso património… é isso que vou fazendo na atualidade, visitar locais recônditos do nosso pequeno país que ainda não visitei, ou que revisito de novo.

Claústros do Convento de Cristo
A janela do Capítulo do Convento, mais tarde imitada para o Palácio da Pena, foi encomendada por D. Manuel I e desenhada por Diogo de Arruda. É o mais conhecido exemplo de arquitectura manuelina, ilustrativo do naturalismoexótico e do uso de pormenores marítimos


do ''caminho pedestre''... uma panorâmica da cidade
A Praça do Município
O Rio Nabão em Tomar
A meio da tarde com o sol bem quente, prossegui sempre por estradas nacionais que diga-se de passagem estão em bom estado e proporcionam uma deslocação agradável. Passei a Capital do Cavalo – Golegã – e Chamusca, onde já não circulava há um bom par de anos… depois as recém visitadas Alpiarça, Almeirim e Coruche.
Alpiarça
Reguengos de Monsaraz
Seguiu-se Évora e Reguengos, onde também passei há cerca de um mês. Desta feita, sem parar… porque logo após a saída de Tomar, fui ‘’atacado’’ por uma crise aguda de alergia aos pólens e fenos que me fez espirrar a todo o instante… pudera… atravessei a lezíria ribatejana e as imensas pradarias alentejanas no auge dos seus efeitos…
Assim voltei ao ‘’Parque’’ do socalco de Monsaraz. Em chegando, uma surpresa, fui calorosamente recebido por casal autocaravanista francês que conheci no início de Abril em Estarreja… seguiram as minhas dicas e estão siderados com o nosso país… voltarão, estou certo…
Em Monsaraz, a minha AC, e ao lado do casal Claude de Bourges
Sintonizei a TV, e… quer em DTV ou na analógica… niente… mas em DTV dispunha de 24 canais de Espanha! É claro que com a ‘’parabólica’’ lá consegui as nossas TV…
Percorridos: 505 Km (Dia 230 Km)
GPS: N 38º 26’ 33.66’’   W  8º 22’ 47.31’’
Enviar um comentário