De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

terça-feira, dezembro 01, 2009

Raptados na Mauritânia


 
Albert Vilalta, Roque Pascual e Alicia Gámez seguiam, domingo, no último carro de uma caravana humanitária da associação Barcelona Accio Solidaria, uma ONG que organiza o transporte de ajuda humanitária para países da África Ocidental,

As Forças Armadas da Mauritânia conseguiram localizar os três espanhóis raptados no domingo. As autoridades estão agora em negociações com os sequestradores. A informação foi confirmada por Josep Ramón Jiménez, assessor de imprensa da comitiva da ONG Barcelona Acció Slidària. Contudo, de acordo com o jornal «El Mundo», Francesc Osan, porta-voz da organização, tornou pública uma mensagem do Ministério dos Negócios Estrangeiros, que adianta que não há confirmação oficial da localização dos três espanhóis.
As informações são muito contraditórias. Se o Ministério dos Negócios Estrangeiros espanhol não confirma que se tenham encontrado os reféns, há fontes do Conselho Real Consultivo para os Assuntos do Sahara que asseguram que os três voluntários da ONG catalã «estão bem». Fontes oficiais a que se refere o «El Mundo» dizem que os três reféns estão a 150 quilómetros a Norte de Nuakchot, perto da localidade de Zuerat.
O sequestro dos três membros da Barcelona Acció Slidària aconteceu no domingo, quando transportavam material de ajuda humanitário, numa caravana formada por 13 veículos, que se dirigia a Dakar, a capital de Senegal. 

No início de 2008 e de 2009, nas viagens que efectuei em direcção à Guiné-Bissau, tinha consciência que uma destas situações nos poderia acontecer.
A vida tem-me ensinado que o ''perigo'' está em qualquer zona do globo e mesmo no nosso pequeno país.
As viagens correram dentro do esperado e a minha dor surgiu quando em Maio passado um dos companheiros franceses com quem partilhei a ''odisseia'' tombou na cama dum hospital francês com um cancro na cervical! O nosso destino é sempre uma incógnita.

A estrada onde se deu o rapto foi por mim cruzada de AC por 4 vezes. Uns 400 km de areia a ladear a via. Zonas de ninguém.  Rectas imensas por entre areia Sahariana.
Como apreciei a as dificuldades de atitudes solidárias idênticas de outros voluntários franceses, italianos e alemães no percurso, inquieta-me o destino destes espanhóis da ONG.
Espero a sua libertação.
Eis o meu amigo Mauritano que trata de ''tudo'' para passar a fronteira de ROSSO (barco incluido) entre a Mauritânia e o Senegal. A parte mais ''stressante'' da viagem.
Enviar um comentário