De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

sábado, março 01, 2008

Braga/Dakar 2008 em Autocaravana - Dia 50 a 64

Dia 50 – 17.FEV.08 – Domingo
Est. Serviço SAHARA - BOUJDOUR
Saímos por estrada boa, mas um tanto ou quanto perigosa pois as bermas encontram-se danificadas, tornando a estrada estreita nalguns pontos.
(mesmo em zonas não aconselháveis pela polícia... há sempre quem fique junto ao mar...)
Cruzamo-nos por imensas manadas de camêlos, que atravessam a via.
Passamos na bifurcação de Dakhla ao Km 7.469, ou seja 255 km após a fronteira.
Quanto ao combustível, mais um erro cometido... Decorridos 539 km... a 30 km de Boujdour, fiquei de novo sem gasóleo... imperdoável...
O amigo Claude partiu em busca do mesmo, mas... a 30 mts do posto de abastecimento, aconteceu-lhe o mesmo... A polícia que estava numa barreira próxima, interpelou-o no regresso. Disse vir em meu auxílio. O agente disse-lhe que o devia ter avisado já que é perigoso nesta estrada estar parado, ainda para mais, sózinho!
Nada aconteceu...
(No Sahara... é assim... para mostrar que a carne é frêsca... em terra de camêlos... há que comê-los!...)
Prosseguimos até ao novo camping de Boujdour, com boas condições sanitárias.
Entretanto desde ontem que circulo sem seguro. Sábado e Domingo as Seguradoras estão encerradas, e dizem-me que apenas em Laayoune poderei faze-lo.
(no Camping de Boudjour, Patrick foi para um apartamento... lá aproveitamos para o ‘’drink’’ diário...)
Km 7.785 – Dia: 571 Km
Dia 51 – 18.FEV.08 – 2ª. Feira
BOUDJOUR – LÃAYOUNE PLAGE – LÃAYOUNE – TARFAYA – Estuário Rio MA FATMA
Os meus parceiros de odisseia, seguiram mais cêdo para norte. Como não tenho pressas decidi fazer o resto da viagem sózinho.
(O Sahara é o maior fornecedor mundial de fosfatos, aliado às pescas, razão pela qual Marrocos não quer perder mão deste território...)
Subi em direcção à praia de Lâayoune ( a 187 km), onde preparei o almoço.
Apenas na zona de praia, o céu fica carregado de nuvens... uma trovoada... e... a chuva no Sahara!...
Chuva de pouca dura, mesmo assim a temperatura rondava os 26º C e dezenas de jovens mergulhavam na praia agitada.
Percorri os 15 km até à cidade, em busca de uma seguradora. As duas primeiras que encontrei, faziam apenas seguros a viaturas marroquinas. Indicaram-me uma outra já na saída para Smara, que aceitava o seguro – mínimo de 1 mês... por 800 Dr – cerca de € 80 - - não aceitei. Telefonei à minha seguradora para me emitirem extensão por 15 dias.
Prossegui viagem – deserto fora – sempre junto ao mar.
(nas estradas do Sahara... quem tem prioridade?... Os Camêlos... claro...)
Imensas manadas de camêlos que atravessavam a estrada. O piso de alcatrão encontra-se em bom estado, contudo, principalmente após Tarfaya, nalguns pontos as dunas de areia invadem a estrada, reduzindo-a a metade, tornando o cruzamento com outras viaturas em situações de perigo.
Já com 395 km passei a zona protegida de aves da Lagoa de Knifes ao Km 8.180.
Após 437 km de Boujdour, surge a pequena povoação de Oued El Louaar, onde se situam 3 estações de serviço – última etape do Sahara com os combustíveis muito abaixo do custo normal – Atestei de diesel a 4,38 Dh ou seja € 0,39 o litro!!!
13 km mais acima, na foz do Rio Ma Fatma, sobre a Falésia pernoitei pelas 20 horas.
Km 8.235 – Dia: 450 km
M A R R O C O S
Dia 52 – 19.FEV.08 – 3ª. Feira
Rio MA FATMA – TAN-TAN – GUELMIN – TIZNIT
Com a noite bem dormida, nem dei pela chuva caída...
Logo após Tan-Tan, sou ultrapassado pelo casal Patrick, que havia pernoitado em Tan-Tan Plage... despedimo-nos de novo... no percurso entre Tan-Tan e Guelmim, em cerca de 30 km, passamos por zonas de muito vento e... tempestade de areia... médios acêsos e velocidade de 50 km hora...
(bem melhor uma tempestade de água... a areia de tão fina... penetra na mais ínfima das ‘’frinchas’’... JÁ NÃO BASTAVA NA MAURITÂNIA...)
Chegados a Tiznit, o Parque de Campismo repleto, fiquei no largo contíguo onde estavam já meia centêna de AC.
Após o almoço, visitei a Digi Top do jovem Mustapha. Ao lado da sua loja, umas 6 AC instalavam antenas parabólicas. Negociei os 5.000 Dh pedidos, tendo acertado para as 9h. de amanhã a sua colocação por 4.250 Dh ( € 382,00) bastante menos que os € 750 a € 1.000 pedidos em Portugal!
Recomendo: www.DigiTop.ma - digitop13@gmail.com nº 13 Nouveau Marché, TIZNIT
Km percorridos: 8.565 – Dia: 330 Km
Dia 53 – 20.FEV.08 – 4ª. Feira
TIZNIT
Das 9h. da manhã, às 18h., a equipe de Mustapha, preparou e instalou na AC a antena parabólica de orientação interior...
(Mustafa e a sua equipe, tratou da montagem da parabólica...)
Dia calmo, solarengo com as temperaturas a rondar os 26ºC.
Pernoita no largo contíguo ao Parque de Campismo.
À noite, a chuva caíu tímidamente.
Dia 54 – 21.FEV.08 – 5ª. Feira
TIZNIT – AGADIR
Dia encoberto e chuva miúda todo o dia. Claro que o regresso até Portugal, a temperatura irá certamente descer e a chuva poderá continuar a cair.
Paragem obrigatória no Hipermercado de Agadir – ‘’Marjane’’ – para o reabastecimento. São poucos os locais em Marrocos onde se podem adquirir bebidas alcoólicas, e a rêde Marjane implantada em meia dúzia de cidades ao norte do país, dispõe de uma gama de produtos muito idêntica à dos grandes hipermercados europeus.
O Camping de Agadir, uma vez mais completo.
(uma boa alternativa no centro de Agadir... local calmo e seguro...)
Fiquei num Parque de Estacionamento ao lado duma área arborizada, próximo do centro da cidade.
No final da tarde, a chuva deixou-nos e aproveitei para dar uma olhada na praia... fiz duas horas de internet por 12 Dr (€ 1,08), no regresso pelas 19,30h., icei a ‘’parabólica’’ e lá vi as notícias da RTPi.
A notícia do dia, dois jovens em bicicleta até Dakar... e eu cá para mim... o que será mais complicado? De bicicleta? Ou de Autocaravana???...
Km percorridos: 8.673 – Dia: 108 Km
Dia 55 – 22.FEV.08 – 6ª. Feira
AGADIR – MARRAKECH
Tencionava ficar mais um dia em Agadir. Acontece que, muito embora a chuva tivesse cessado, o céu mantinha-se coberto de nuvens altas, tipo nevoeiro e como tal o painel solar teria dificuldade de restabelecer a bateria interior o que inviabilizaria o visionamento da TV e a ligação do PC portátil...
Assim, decidi seguir viagem, desta vez para o interior, concretamente para a ‘’imperdível’’ cidade de Marrakech.
Parte do percurso encontra-se em mau estado, já que durante várias dezenas de km procedem ao alargamento da via e à construção da AE.
(entre paisagens de tons ‘’ôcre’’... verde... e amarelo...)
A paisagem essa é variada em termos paisagisticos e a coloração varia entre o amarelo sujo, o verde azeitona e o ôcre barrento...
O sol lá foi aparecendo a mêdo muito próximo da cidade.
Após a passagem da cidade, segui pela estrada de Casablanca, onde a 11 km (próximo do novo estádio) se situa o já conhecido Camping ‘’Le Relais de Marrakech’’.
(a chegada ao camping... ao fundo o novo estádio em construção na estrada para Casablanca...)
GPS N 31 42 408 W 007 59 407
Km percorridos: 8.948 Dia: 275 km
Dia 56 – 23.FEV.08 - Sábado
MARRAKECH
Da parte de manhã, não saí. O dia continuava nublado e chuvoso.
Estava a almoçar, e eis que surge um dos casais com quem fiz a viagem – Claude e Jaqueline, que simpáticamente me procuraram para me dizerem que iam ficar no Camping’’El Ferdaous’’ a dois km deste.
Após o almoço, já inscrito para um lugar num dos taxis que prestam serviço para o camping, segui mais 4 pessoas para a cidade. Preço do taxi: 60,00 Dh (€ 5,40) ou seja €1,08/pessoa...
(e lá revi a Mesquita Kotovia...)
Visitei o parque de estacionamento ao lado da Mesquita Kotovia. Não imaginava que poderia ter pernoitado aqui – a 100 mts da Praça El Fna. Muito embora estivessem estacionadas umas 15 AC, havia ainda 2 ou 3 espaços vagos... 1 dia 50 Dh. Claro que nada mais que o estacionamento, mas facilitaria a visita nocturna da cidade.
Quando saia do parque, eis que reparo numa viatura, ‘’cheia até cima’’... com a bandeira portuguesa na mala traseira... Não resisti a saudar a sua passageira, uma alfacinha de 42 anos... Após uma curta conversa, voltei a encontrá-la a meio da tarde. Trata-se de uma técnica de restauro de talha, que tem viajado por vários países, e que iria passar 4 meses a restaurar um pequeno ‘’kasba’’ que comprou em Quarzazate, a 200 km de Marrakech. Lá fizemos uma pequena digressão pela Medina e Praça Jamaâ El Fna e ‘’petiscamos’’ nos imensos restaurantes/tenda da praça. No final do ano que terminou, acabou por ir viver próximo do deserto com uma família marroquina e namoriscou com um jovem de 20 anos... Enfim, há portuguesas que se deixam embalar pela aventura em terras africanas...
Regressei ao camping pelas 23,30h.
A chuva e frio, mesmo não tendo sido contínua, incomodou.
Negociei com o condutor de um ‘’petit taxi’’ a viagem de 11 km, tendo-me sido pedidos 200,00 Dy, contudo acabei por pagar 100,00 Dh (cerca de € 9,00).
Dia 57 – 24.FEV.08 – Domingo
MARRAKECH
Pela manhã, dia solarengo, bem diferente da véspera...mudei para o outro Camping, onde me encontrei com os dois casais com quem havia feito toda a viagem.
(os habituais residentes do Parque de Campismo...)
Patrick e Marielle, seguiram para Essaouira e eu fiquei com Claude e Jaqueline, indo após o almoço na ‘’Toyotta’’ de 9 lugares de Mohamed para o centro da cidade, tendo apreciado do alto do terraço sobranceiro a ‘’trepidante’’ praça ‘’Jamaâ El Fna’’...
(do alto da esplanada do Café Glacier... uma bebida sem álcool por 20 Dh (€1,80)... as fotos... sem outras ‘’taxas’’...)
(a trepidante’’ Praça Jamaâ El Fna’’... ponto de visita obrigatório...)
À noite jantamos ‘’tajines’’ no Restaurante Bahia (mesmo ao lado do Palácio Bahia), menú completo por 120Dh(€10,80), com acompanhamento musical ‘’ao vivo’’ e ‘’dançarinas do ventre’’ , não tendo assistido a esta tradicional dança por termos combinado com o ‘’taxi’’ o regresso.
(No jantar... (lá fui ‘’praxado’’...)
O ‘’taxi’’ mantém o preço de há 2 anos atrás: 10 Dh(€0,90)/pessoa cada viagem.
Chauffeur: Fedli Hassan – T. Móvel: 066 70 52 02 sempre solícito.
O camping custa metade do preço do anterior ‘’Le relais’’.
Km 8.959
Dia 58 – 25.FEV.08 – 2ª. Feira
MARRAKECH
Pela manhã despedi-me de Claude e Jaqueline, já que iam regressar a França.
Aproveitando o bom tempo, decido ficar mais um dia.
Tendo sido visitado por uma vintena de ‘’pavões’’... lá lhes dei a refeição disponível, sendo presenteado com as suas habilidades teatrais...

Dia dedicado às lides de limpesa da AC e de ‘’reposição de stock’’ do vestuário...
À tarde voltei à cidade... Mais um ‘’tour’’ pela Medina e novamente pela Praça...
Pelas 6 da tarde uma chuvita envergonhada foi caíndo... e pelas 9 da noite e pela noite dentro, uma atrevidíssima chuva caíu abundantemente.
Km 8959
Dia 59 – 26.FEV.08 – 3ª. Feira
MARRAKECH – CASABLANCA – RABAT – SALÉ
O regresso fi-lo pela estrada nacional pois permite velocidades de 90 a 100 km e o piso bom.
(as chuvas de Fevereiro, depressa cobriram os campos de verde...)
A 15 km de Casablanca, mais concretamente em Berrechid, para evitar o ‘’pára arranca’’da capital... entrei na Autoestrada... até Rabat. Portagens Classe 2: 15 Dh, em Tit Mellil -11 Dh e em Bouznika 30 Dh (tudo € 5,00).
A passagem do rio entre Rabat e Salé, cidades contíguas,... a paisagem vai mudando com as obras de arranjo urbanístico de toda a zona ribeirinha, que modernizará e transformará radicalmente toda a zona ribeirinha.
Pernoita no Parque de Campismo de Salé, na margem norte do rio.
Km percorridos: 9.301 km Dia: 342 km
Dia 60 – 27.FEV.08 – 4ª. Feira
SALÉ / RABAT
Pela manhã, manutenção da viatura... pequena limpesa interior e exterior.
No parque, meia centena de AC, maioritáriamente de franceses, alguns alemães e um belga.
Da parte da tarde, aproveitando o bom tempo, caminhei das 15h. às 18h. do Camping, pela antiga mesquita até ao centro da cidade... várias manifestações de desempregados... e imensas obras de remodelação da cidade, estação de combóios incluida...
Regresso pela zona ribeirinha de intervenção, cujas obras estarão concluidas em 2010 e dela fazem parte ao arranjo urbanístico das duas margens, contrução de nova ponte e túnel aquático de ligação a Salé,... e ainda a implementação de linha de Metro de superfície...
Chedado ao Camping, pequena visita à internet – 1 hora = 3 Dr (€ 0,27)... quási nada...
Dia 61 – 28.FEV.08 – 5ª. Feira
RABAT/SALÉ – LARACHE
Logo de manhã, saída em direcção à área de serviço para AC de Larach (criada e manutida pelas companhias de ferry).
(muitas dezenas de postes de electricidade em Kinitra... habitados por cegonhas...)
O percurso pela EN não oferece dificuldades. A estrada é razoável permitindo boas médias, à excepção das localidades, onde os 60km/hora são fiscalizados pelos vídeos da Gendermerie Royal.
Paisagens de um verde forte e muitas bancas de estrada com artesanato e outras de laranja e morango.
(área de repouso de Larache... ponto de passagem obrigatório antes e depois de atravessar o estreito de Gibraltar...duches quentes gratuitos.)
(várias pequenas árvores e plantas, são transportadas pelos autocaravanistas franceses... para os seus jardins...)
Finalmente, um bom dia de sol, embora algo frêsco...
Km percorridos: 9.489 Km –Dia : 188 Km
Dia 62 – 29.FEV.08 – 6ª. Feira
LARACHE – TÂNGER – ALGECIRAS – SEVILHA – ALGARVE - TAVIRA
Manhã cêdo, rumei ao porto de Tânger, para fazer a travessia do estreito de Gibraltar.
Não parei na cidade por a ter já visitado nos 2 últimos anos.
(Já no barco na passagem do estreito de Gibraltar... faço eu próprio a foto para captar o meu novo amigo belga Freddy... que adora o mar... e só é feliz na Palestina ou na Turquia...)
Quando fazia as últimas fotos da viagem, eis que alguém mete conversa comigo. Na uma hora e bmeia de viagem, fizemos amizade... cidadão do mundo, professor universitário 4 meses por ano em Bruxelas e 8 meses viajante de saco de viagem por países ‘’exóticos’’ – sem telemóvel e internet ... modernices que não utiliza...-
Todos os anos vive 4 meses na Cappadócia (Turquia) onde diz ser feliz e que me convence a visitar. Não custará nada perguntar por ele ao chegar a Goreme... toda a população o conhece... faz investigação...
Um dia destes visitar-te-ei Freddy.
(como tenciono devolver a foto a Freddy, penso visitar a Cappadocia)
E S P A N H A
Já era noite quando estacionei no imenso largo pejado de AC na margem direita do Rio Gilão em Tavira, onde pernoitei.
Km percorridos: 10.007 (Dia: 618 Km)
P O R T U G A L
Dia 63 – 1.MAR.08 – Sábado
TAVIRA - BATALHA
Saída de Tavira pela Auto-estrada até Grândola... Almoço na margem do Rio Sado em Alcácer do Sal...
Continuação da viagem, calmamente pela Estrada Nacional até à Batalha onde pernoitei na área de serviço para AC.
Km percorridos: 10.420 (Dia: 413 km)
Dia 64 – 2.MAR.08 – Domingo
BATALHA – BRAGA
Saída em direcção a Braga, sempre pela estrada nacional até ao Porto... interessante passar por uma via que já não utilizava há muitos anos. Chegada a Braga, a tempo de almoçar.
TOTAL Km percorridos: 10.680 Km (Dia: 260 km)
B R A G A
Aventura Africana 2008 terminada...
Uma experiência inesquecível.
Valeu a pêna!
Voltarei de novo em 2009, mas na carteira outros países a visitar: O MALI, o Burkina Fasso, e outros...
Custos de Combustível:
O mais caro: Portugal €1,193 (em Dez/2007)
€ 1,234 (à chegada)
O mais barato: Sahara € 0,38 !!! (Fev/2008)
- > Dia 30/12/07 – Braga – Km 0 - 41,57 lts – 1lt = € 1,193 - € 49,63
- > Dia 30/12/07 – Marateca – 48,84 lts – 1 lt = € 1,188 - € 58,02
- > Dia 3/1/08 – Huelva – Km 928,5 – 40,78 lts – 1 lt = € 1,078 € 44,00
- > Dia 4/1/08 – Tânger – Km 1.252 – 40,983 lts – 300,00 Dh – 1 lt = 7,32 Dh € 30,00
- > Dia 6/1/08 – El Jadida – Km 1.735 – 54,945 lts 400 Dh 1 lt 7,28 Dh € 40,00
- > Dia 9/1/08 – Tiznit - - Km 2.295 - 52,65 lts – 390 Dh – 1 lt 7,40 Dh € 39,00
- > Dia11/1/08- Layoune –Km 2.877– 53,11lts –222 Dh –1 lt. 4,18 Dh (€ 0,38) €22,00
- > Dia 12/1/08 – Dakhla – Km 3.438 . 61,80 lts – 270,60 Dh – 1 lt 4,38 Dh € 27,00
- > Dia 15/1/08 – Sahara - Km 3.748 – 34 lts – 153,34 Dh 1 lt. 4,51 Dh € 15,00
- > Dia 15/1/08 – Deserto Mauritânia = cerca de 21,3o lts - € 20,00
- > Dia 16/1/08 –Nouakchott (Mauritânia)-Km 4 420 -59,29 lts-15.000 Ouy
1/253,00 = € 0,77/lt € 45,45
- > Dia 17/1/2008 –Dakar–Mauritânia – Km 4.847–60,86 lts – 39 680 FR Sng € 66,13
- > Dia 22/1/08- Mbour-Senegal- Km 5.150–29,45 lts –1 lt 652 Fr – 19.201 Fr €34,35
- > Dia 2/2/08 – Ziguinchor - Km 5.550 – 46,38 lts – 1 lt/647 Fr – 31.315 Fr € 47,81
- > Dia 11/2/08 – Rufisk – Km 6.070 – 51 lts – 1 lt= 647 CFA – 33.000 CFA € 50,00
- > Dia 15/2-Nouakchott–Km 6670–67,48lts-1 lt=253,00(€0,72)Ouy17072Ouy €48,77
- > Dia 15/2- Estac. Serv. – Km 7.214-76,55 lts-1 lt=4,51Dh(€ )-345,2 Dh € 31,38
- > Dia 16/2–A 30 km Boudjour–Km 7.754– 20 lts.–74 Dh € 7,00
- > Dia 16/2 –Boudjour– Km 7.782 –63,05 lts – 1 lt= 4,38Dh (€ 0,40) – 276Dh €25,09
- > Dia 18/2 – Oued El Ouaar – Km 8.222 – 52,7 lts – 1/lt 4,38 Dh 230,82 Dh €20,74
- > Dia 19/2 – Reserva do Sahara – 20 lts – 1/3,38 – Dh 87,6 €7,87
- > Dia 22/2 – Marjane-Marrakech-Km 8.930-51,04 lts-1lt=7,25Dh-370,04Dh €33,25
- > Dia 28/2 – Tânger – Km 9.577 – 55,53 lts-1lt=7,25Dh-402,59Dh- € 40,00
- > Dia 29/2 – Huelva – Km 9.953 – 39,60 lts = €1,111/lt € 44,00
- > Dia 1/3 - Alcácer do Sal – Km 10.235 – 37,73 lts - €1,180/lt- € 44,52
Total: € 892,00
CAMPINGS:
5/1/2008 – Salé/Rabat - 45 Dh (€ 4,00)
6/1/2008 – Essaouira – 50 Dh (€ 4,50)
7 e 8/1/2008 -/Tiznit – 2 dias – (1 pess. 13Dh + Ac 20 Dh) – 66 Dh ( € 5,93)
9/1/2008 – Fatma – 2 dias – 20 Dh (€ 2,00)
12 e 13/1/2008 – Dakhla – 2 dias – 40 Dh (€ 4,00)
14/1/2008 – Nouadibou – Restaurante – gratis
15/1/2008 – Nouakchott – Mauritânia – 2.500 G. – c/ duche quente. (€ 6,83)
16/1/2008 – St Louis – Senegal – 2 500 CFA (€ 4,17)
17/1/2008 – Saly – Senegal – 5.000 Fr CFA ( € 8,34)
18-19 e 20 – idem 15000 CFA ( € 25,12)
23-24-25-26-27-28-29-30-31-1/2 – Cap Skirring – 60.000 CFA (€ 107,00)
2, 3, 4, 5, 6/2 – Kafountine – 20.000 CFA (€30,00 )
7/2, 8 e 9/2 – Toubacouta – 15.000 CFA (€ 22,00)
10 e 11/2 - Saly Portugal – 10.000 CFA ( € 16,00)
12 e 13/2 – Lac Rose – 10.000 CFA (€ 16,00)
14/2 – St Louis – grátis – (c/duche e electricidade) -
15/2 – Est. Servº. – grátis
16/2 – Boudjour – Camping – 1 camping car + 1 ou 2 pessoas -65 Dh (€ 5,84)
17/2 – Rio Al Fatma – grátis (€ 0,00)
18, 19 e 20/2 – Tiznit – grátis
21/2 – P Agadir 25 Dh. (€ 2,25)
22 e 23/2 – Camping Le Relais de Marrakech 2 x 65 Dh (€ 11,68)
24 e 25/2- Camping El Ferdaous de Marrakech 2 x 31 Dh (€ 5,57)
26/2 – Camping Salé/Rabat (com electricidade) 60,00 Dh (€5,40)
TOTAL: € 287,00
Enviar um comentário