De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

domingo, abril 29, 2018

Dia 36º de viagem - 12abr18 - 5ª. feira

DSC01206
MIRANDA DO CORVO
DSC01201
Dia de muita chuva mas com abertas de sol.
Saí da toca e subi à Igreja matriz, sobranceira à terra.
O almoço, deu-me a preguiça e fui ao 'Take-Away' próximo.
Aproveitei para fazer 'coisinhas' que em casa nunca tenho tempo para elas...
Um dia como lhe costumo chamar ''para pastar''!
DSC01202DSC01203DSC01204DSC01205DSC01206DSC01207DSC01208DSC01209
Voltarei para visitar o Parque Biológico que certamente me agradará visitar.
''Sobre a vetusta Vila de Miranda do Corvo, direi que surgiu num local estratégico: no cruzamento do vale do rio Dueça com uma das passagens ao longo da Cordilheira Central. Sendo provável que a Vila se tenha desenvolvido em redor do antigo castelo. A primeira referência documental surge no séc. X, o castelo só aparece mencionado a partir do séc. XII. Após a 'Reconquista' de Coimbra, em 1064, a linha de fronteira entre os reinos cristãos e o mundo muçulmano estabeleceu-se numa faixa de território a sul do Mondego, onde ficou fisicamente marcada pela construção ou reconstrução de várias fortificações.
DSC01210DSC01211
esta estremadura, onde Miranda do Corvo se encontrava inserida, foi fulcral para a defesa da cidade de Coimbra. esta região adquiriu maior importância estratégica, quandoa partir de 1131, Afonso Henriques se fixou na cidade do Mondego. Neste contexto surgem as primeiras informações sobre o castelo de Miranda. A referência mais antiga surge em 1136, na Carta de confirmação, estabilidade e de foro, dada por Afonso Henriques, posteriormente, confirmada por D. Afonso II.
A terceira invasão Francesa trouxe novamente ao concelho, algum protagonismo pela sua localização na linha estratégica de movimentação dos exércitos.''
Enviar um comentário