De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

sexta-feira, dezembro 26, 2014

incentivo contra o desânimo - a caminho de 2015


Fim de Ano em VIGO

Pequenos nadas que nos animam o alento.
Um jovem casal Alemão que frui umas férias sabáticas (?) de 6 meses em Portugal e que conheci no primeiro dia da sua visita.
Não é fácil interagir com autocaravanistas oriundos da Alemanha... nem sempre, mas às vezes sentimos que não é difícil inspirar confiança no nosso Povo e o como fazer para tirar partido dum País que lhes é distante.
Um a um, haveremos de conseguir trazê-los mais de uma vez.
O meu abraço à Andrea e ao Kristian
Dia 27.dez14 - sábado
BRAGA - Ponte de Lima - VILA NOVA DE CERVEIRA
Com a descida do preço dos combustíveis, há que sair ainda que por breves dias, como que para terminar o 2014 e inicial o 2015 em terras Galegas.
passagem em Ponte de Lima

O sol promete ajudar mesmo se o frio possa ser mais acentuado.Finalmente mesmo sendo mais longínquo o percurso, optamos por percorrer a AE que de Ponte de Lima nos leva até Vila Nova de Cerveira (SCUT grátis).

À chegada já lá estavam os meus Amigos Glória e Durães na companhia já costumeira de dezenas de AC Espanholas.
Em dia de Feira, mesmo já noite caída, ainda lá demos uma olhada.



 Percorridos: 90 Km
Dia 28dez14 - domingo
V.N.Cerveira - A Guarda -ESP-(La Guardia)- BAIONA
PONTE DE CERVEIRA
A Guarda (conhecida entre nós por 'La Guardia'. situa-se na margem direita do Rio Minho, defronte de Caminha.


É um município raiano na província de Pontevedra, comunidade autónoma da Galiza com uma população que ronda os 10.000 habitantes.

Tem como essência básica um povo marinheiro de pescadores... odor a mar e uma brisa marítima inconfundíveis da costa atlântica Galêga.

O porto de A Guarda
A primeira vez que visitei esta simpática localidade nos anos 80 ainda subi ao Monte de Sta Tecla ( em Galêgo 'Santa Trega') onde se situa um importante 'castro' e um sítio arqueológico em cujo cume se vislumbra o deslumbrante estuário do Rio Minho.
Nesta visita, ficamo-nos pelo clássico porto com restaurantes de todo o tipo, onde predominam os frutos marinhos.
No final da tarde, rumamos à também conhecida Baiona, percorrendo a agradável marginal que ladeia o Atlântico.
O mar calmo a caminho de Baiona

Uma pequena paragem de cortesia com o final de dia e a mãe natureza


Em Baiona, estacionamos num pequeno espaço relvado próximo do Hotel cerca da baía e fomos a pé calcorrear as estreitas ruas do centro histórico.
Num pequeno mas acolhedor bar, demos aos dentes pecando ao deglutir umas coisinhas que nos enchem a alma mas nos podem causar pequenos estragos a nível de saúde. 
Calamares
queijo+batata frita+tiretes de galinha
Dia 29dez14 - 2ª feira
BAIONA - VIGO - Praia Samil - REDONDELA
Pela manhã, pequena caminhada pelas margens de pequeno ribeiro que desce a encosta até à baía.

Baiona e o nosso local preferido pela acalmia e paisagem
Saída com passagem costeira até Vigo e destino Redondela.
A ilha de Toralla - PRIVADA

ILHA de Toralla - Privada
Chegados a Redondela, preferimos estacionar para pernoita num Largo alcatroado do lado oposto à AS para AC.
Dia 30dez14 - 2ª. feira
REDONDELA 
Ao amanhecer o tejadilho da autocaravana estava coberto de espessa geada

Pela manhã uma caminhada na localidade 
A paisagem do concelho é marcada pelos dois grandes viadutos ferroviários construídos no século XIX. Ambos estão classificados como Bem de Interesse Cultural desde 1978 e originaram que Redondela seja conhecida como a "vila dos viadutos". O mais antigo é o de Madrid; a sua construção combinou a técnica, então vanguardista do ferro forjado, usado no tabuleiro e a estrutura de treliça que é sustentada pela tradicional cantaria dos pilares. A sua construção foi iniciada em 1872, tendo sido inaugurada a 30 de junho de 1876. Tem 255,9 metros de comprimento. Desde há décadas que se conta em Redondela que um dos subempreiteiros da obra, chamado Pedro Floriani, se lançou à via quando lhe disseram que não lhe pagariam porque o trabalho estava mal feito e não poderia entrar em serviço. Segundo uma versão da história, Floriani não teria chegado a morrer na sua tentativa de suicídio, e pouco tempo depois pôde ver os comboios a circular no viaduto. O viaduto esteve em serviço até 1971.
O viaduto ferroviário Pontevedra, ainda ao serviço da Renfe
O outro viaduto é o de Pontevedra, inagurado em 30 de junho de 1884, para servir o prolongamento do traçado de Pontevedra até Redondela e Vigo. Mais curto que o viaduto de Madrid, o de Pontevedra diferencia-se também pelo facto dos pilares serem metálicos, como o tabuleiro. Em 1889, com a abertura do troço Carril. Pontevedra, passou a ser possível viajar entre Santiago e Vigo e entre Santiago e Madrid. Ainda se encontra em serviço.

Para terminar o dia e poder 'cozinhar' no exterior, nada melhor que rumar à pequena localidade de Arcade onde existe uma boa AS para AC.
já no concelho de Soutomaior - Arcade
O 'repasto' que se me ofereceu pelos meus compinchas ( Glória e A Durães ), foi de 'truz',,, - sem comentários - com vista previlegiada sobre a baía.


o acompanhamento digno de foguetório
e as sobremesas Natalícias
Uma soneira enorme nos invadiu... mas... não podiamos perder toda a beleza envolvente pelo que preferimos frui-la
O Rio Verdugo em Arcade
O Rio Verdugo depois de percorrer uns 40 km desemboca na Ria de Vigo, entre os núcleos populacionais de Arcade e Puente Sampaio.

ARCADE e as Ostras
Para muitos, o nome Arcade terá origem às suas Ostras ''las ostras de Arcade', delicioso molusco que tão abundantemente comi na Casamansa e na Guiné-Bissau. 
Um barco que leva ao miolo da baía gentes para a apanha dos moluscos
Este molusco já era apreciado nesta zona, na época dos Romanos e atualmente é um dos produtos mais exportados.
na terrinha pacata até os canídeos tem wc privativo
Restam ainda bancos naturais de Ostras mas as 'sementes' vem da França e Grécia sendo aqui cultivadas.


Dizem-nos que os Restaurantes de Arcade a grande avalanche é apresentada nos inícios da primavera quando reúnem as suas melhores condições. 
siderado com tanta beleza
Arcade elegeu o primeiro fim de semana de abril para celebrar a sua ''Fiesta de la Ostra'', pretexto para que milhares de pessoas se acerquem da localidade para serem testemunhas  fidedignas da excelência do produto.

o pequeno porto recreativo
imagem sem tratamentos - ao natural






Mais um dia que parte


Uma vez mais... siderado com tanta beleza e quietude



Sinto-me um privilegiado

Qual Ponte sobre o Tejo...



Dia 31dez14 - 4ª. feira
FIM DE ANO em VIGO
ARCADE - VIGO

Do lado oposto à via dupla, a entrada para a Empresa de lavagem de viaturas onde existe um enorme _P_ que adotamos para pernoita.
Bem conhecido dos Minhotos ao chegar a Vigo
Numa cidade com a dimensão de VIGO. achei este cartaz publicitário retrógrado e quiçá 'fundamentalista'. A religião não devia saltar para estes palcos...
O local de pernoita em Vigo - no miolo da cidade e pertinho da Praça América- , escolhido pelo A Durães no Google Hearth
Às 23,30h não se avistava vivalma... ainda pensamos não haver festejos...
À meia noite (hora de Espanha) foi nesta torre que soaram as badaladas
Ainda a aguardar a chegada do 'povo'...
Praça América

Portugueses e Chineses eram a maioria!

Um camião TIR com estridentes músicas
O Alcaide disponibilizou umas saquetas com 12 uvas aos presentes
Apelidem-me o que quiserem. À 1 da manhã já estava a bordo com o gás a aquecer o habitáculo da AC.
Os meus Amigos ficaram e dizem-me que a essa hora os Portugueses presentes fizeram a 'Nossa Festa'!
Dia 1JAN15 - 5ª. feira
ANO NOVO
VIGO - NIGRAN - PANXÓN - PRAIA AMÉRICA - BAIONA

Refizemos o percurso junto às Rias
Muitos locais com proibição para AC, salvo esta parte em que não vislumbramos qualquer tipo de proibição

Toda esta orla costeira protegida e devidamente sinalizada com alusões à fauna, flora...

Após o almoço haveríamos de caminhar junto à apetecível costa.

marginal recuperada - local apetecível para as caminhadas

A leitura a fazer é que esta placa dirá respeito a pequena área do enorme estacionamento - Praia América -.








A caminhada ocorreu também para sul da praia América.



O António Durães a testar os meus binóculos...




A pacatez e beleza das cores de final de dia, convidam à reflexão

Dia 2jan15 - 6ª. feira
 BAIONA (ESP) - VILA NOVA DE CERVEIRA (pt)
No despertar já cá estavam outras AC de PT

A 'casinha do cão' e de outras coisas mais
De regresso, optamos por seguir por um labirinto de estradas que 'a direito' nos trouxeram de novo a Cerveira.
Se bem que não repetimos o percurso já conhecido à beira mar até A Guarda, é um facto que o Gps nos traçou um percurso sinuoso e por estradas estreitas e algumas em mau estado.
Valeu pela experiência.
A pequena localidade de Vila Nova de Cerveira, continua a ser o 'porto seguro', sobretudo para muitas dezenas de autocaravanistas Galêgos que por aqui passam, ainda mais sabendo que a localidade dispõe de uma bem equipada área de serviço com espaço para pernoita.

O desejo da Autarquia de ser hospitaleira para com os que viajam de casa às costas, vai ao ponto de nos dias em que se cobra o estacionamento às centenas de viaturas que aqui estacionam, não o fazem aos autocaravanistas.

a FRONTEIRA NATURAL com a GALIZA no final de dia

Já a noite caía, ao regressarmos de passeio pedestre pelo centro da localidade, constatamos a chegada ao 'nosso bairro' de uma ambulância, chamada a uma autocaravana de Vigo.
Deixo aqui o registo para lembrar a todos os que se mudam ainda que por pouco tempo entre o nosso País e o Vizinho, da necessidade de trazer sempre atualizado o Cartão Europeu de Saúde.
Neste caso concreto, aconteceu que os 'Bombeiros' tiveram dificuldade de prestar Assistência ao Senhor pois a ambulãncia perante um problema grave respiratório, optaram por pedir o auxílio do INEM que viria de Viana do Castelo.
Importante fazeer-se acompanhar em Espanha deste cartão, mesmo que a visita seja breve e aqui pertinho
Não se sabia ao certo do que padecia a pessoa. Os seus Amigos entretanto tentaram que os Bombeiros o transportassem para Vigo, que dista daqui 50 km. O que viria a acontecer, seria o inverso caso se passa-se connosco do outro lado... iríamos para Vigo.
Chegado o INEM o médico fez um rápido diagnóstico e decidiria que o doente seguiria na ambulância onde já estava, para o Hospital de Viana do Castelo a 37 km daqui.
Na manhã seguinte, saberíamos que o paciente ficaria internado, mesmo não sendo grave o seu estado de saúde, tinha uma infeção pulmonar.
Dia 3jan15 - sãbado
 VILA NOVA DE CERVEIRA - VILA PRAIA DE ÂNCORA
Os nossos vizinhos Espanhõis
Outra localidade que se tornou apetecível e se rendeu à construção de área de serviço no interior do espaço da central de camionagem.
O local de estacionamente tolerado é junto ao porto pesqueiro.
O acesso ao apartamento feito por entre 'duendes' e 'santos'...
desta vez, captei a placa com o historial desta singular ''Aeuacária de Nolfolk''




Os finais de dia junto ao Oceano quando o céu está despido de nuvens e nevoeiros são sempre  imensamente deliciosos.



Dia 4jan15 - domingo
 Vila Prais de Âncora - Viana do Castelo - Braga
Despedi-me dos meus parceiros de viagem pelas 4 da tarde pois iam pela AE.
No meu caso aproveitei por fazer o percurso por Viana do Castelo para as despedidas de Amiga Cooperante que regressa a Moçambique onde leciona.
da casa da minha amiga - Praia Norte
Percorridos: 1.240 km
Enviar um comentário