De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

sexta-feira, julho 19, 2013

Curiosidades de viagem - dicas | UK + Escócia + Irlanda do Norte + República da IRLANDA

Com a viagem na parte final, aqui vou deixando umas ''notas soltas'' sobre a visita ao Reino Unido, Escócia e IRLANDA:
porventura muito úteis para quem conduz à noite, mas para as AC irritantes, sobretudo em estradas estreitas...
1 – Acesso à net - Desde a nossa entrada no Reino Unido, passando pela Escócia e finalmente na Irlanda do Norte, mesmo nos locais mais recônditos, tivemos quase sempre acesso à net através do Wireless disponibilizado pela BT (British Telecom) aos clientes da ‘Zon’ e ‘PT’… mas já notamos que a mesma facilidade não acontecerá na República da Irlanda… a ver vamos…
Com telemóveis com acesso à ‘’App’’ da Zon, é possível em locais públicos (cafés, centros comerciais, hotéis..) aceder à rede wifi e telefonar ‘grátis’ para números fixos de PT.
 2 – Matrículas de viaturas - As viaturas da Irlanda do Norte são portadoras de matrículas idênticas às do Reino Unido – 3 letras e 4 algarismos – com cor branca à frente e amarela na retaguarda.
Na República da Irlanda, são idênticas às nossas, sendo que os dois primeiros algarismos dizem respeito ao ano da matrícula.
na 2ª a contar de cima... o ano correto é 1994
 3 – Moeda. Trouxemos moeda (£) adquirida no Banco em PT (não pago comissão…), mas, feitas as contas, opto por pagar com cartão de crédito pelo motivo do contravalor em € ter sido mais favorável. Mas… atenção, num ou outro local tive de utilizar ‘’outros cartões’’, vá-se lá saber porquê… é que eu trago comigo 6 (seis) – todos sem anuidades…;
A moeda utilizada/corrente no Reino Unido, Escócia e Irlanda do Norte, é obviamente o ‘Pound’ (£ ).
Acontece que nos três ‘países’ que ‘ainda’ serão parte do Reino Unido, existem 3 bancos emissores, pelo que as notas diferem nos três, mas, no Reino Unido evitam receber notas quer da Escócia, quer da Irlanda do Norte…
4 – Cabeleireiros e Barbeiros – será a profissão com mais saída. Não vimos aldeia onde os mesmos não abundassem e nota-se no esmero das Irlandesas em andar sempre de penteados tratados e esmerados…
5 – Combustíveis: Preços intragáveis no Reino Unido e Irlanda do Norte (cerca de € 0,30/litro a mais que em PT e na República da Irlanda (em  €) um pouco acima, sobretudo no sul. De destacar que no Reino Unido e Irlanda do Norte os preços podem cair uns € 010 nos supermercados Tesco, Asda e Sainsburys…;
6 – Pernoitas ‘out of camping’ - A pernoita (em todo o País ) é aceite e em locais agradáveis, sobretudo no litoral onde é fácil abastecer de água junto aos pequenos portos e nas pequenas localidades existem WC asseados e com detergente de higiene de mãos e papel higiénico disponíveis;
7 – Camping’s: Em alguns Camping’s do Reino Unido e Escócia, os descontos são significativos se utilizarmos os cartões AA ou Carnet Camping Internacional;
8 – Alergias – Os meses de Junho e Julho estão já fora de ataques das alergias. Cuidado pois na Escócia e Irlanda, a floração chega mais tarde e a ‘dose de crise’ é bem mais forte.
Vinha prevenido já que há cerca de 10 anos atrás, ‘vi a coisa preta na Escócia’ tendo recorrido a uma farmácia onde fui medicado…
Trazia já comigo um anti-estamínico que tem funcionado bem comigo (Xyzal 5mg – apenas utilizei 1) e um novo inalador que iniciei 15 dias antes da viagem e durante ela que satisfez bem – o ‘’Avamys’’ ( 120 pulverizações )  que dá para 2 meses!
9 – Ferry’s – As travessias mais curtas, óbviamente são as mais baratas – França/ Calais / Dover UK e Escócia Larne-Belfast (Irlanda do Norte). Para (no regresso) obviar a 500+500 Km’s menos, a travessia da República da Irlanda (Rosslare) para França (Cherbourg) será a opção mais em conta, mesmo se a travessia de 18 horas se torna cansativa… mais em conta fazer a reserva/pagamento prévio na internet (menos € 20 a € 30,00!);
10 – Mosquitos na Escócia e Irlanda – Ingleses haviam-nos dito que eram uma praga… francamente em poucos locais ‘’vimos’’ alguns muito minúsculos mas nada incomodativos e se ‘picavam’, não deixavam marcas… nada inquietante…
11 – Água – Na Irlanda a água é grátis para os consumidores particulares. Não existem ‘contadores’ nas casas… as pessoas pagam apenas ‘taxa de recolha de lixo e saneamento’’! Por tal motivo, não existem problemas com o acesso à água.
12 - Saúde – A assistência no âmbito da saúde é boa e GRÁTIS na Irlanda. Para nós bastará ser portadores do cartão Europeu de Saúde para aceder aos serviços.
um pouco por todo o País... é o que nos tem valido... 
13 – Lixo – Uma das dificuldades que tem um AC quando não opta pela ida a Campings, é o não ter locais onde colocar os sacos do lixo. Questionadas as pessoas locais, sugerem sempre onde o fazer, algumas delas, colocam nos seus próprios contentores, já que a recolha ocorre em certos dias e só aí os moradores colocam os mesmos no exterior.
Fomos sempre conseguido fazer pequenos sacos que vão sendo depositados nas grandes ‘papeleiras’ que são limpas amiúde ou nos dos supermercados…
Nas Irlandas, não existem bandeiras 'verde'!

Enviar um comentário