De Autocaravana, tenho vindo a viajar ''cá dentro'' e pela Europa... para lá do Círculo Polar Àrtico - até ao Cabo Norte, onde vivenciei o ''Sol da Meia-Noite''.
Viajei em Autocaravana pelo Norte de Àfrica... (mais de uma vez), muito para lá do Trópico de Cancer... até à Guiné-Bissau.
Fui também por estrada à Àsia - Turquia e Capadócia, sendo que no regresso fiz a Croácia e dei um saltinho a Mostar e Saraevo na Bósnia-Herzegovina.
Sem pretensiosismo literário ou outros, apenas pela PARTILHA, dessas e outras viagens vou dando conta neste espaço.

Países visitados em Autocaravana: - EUROPA: ESPANHA – ANDORRA -FRANÇA-ITÁLIA-MÓNACO- REINO UNIDO - IRLANDA -HUNGRIA-REP.CHECA-SUÉCIA-ESLOVÉNIA - ESLOVÁQUIA- POLÓNIA-AUSTRIA-SUIÇA-ALEMANHA-BÉLGICA-HOLANDA-DINAMARCA-NORUEGA-FINLÂNDIA-ESTÓNIA-LETÓNIA-LITUÂNIA-BULGARIA - BÓSNIA HERZGOVINA- ROMÉNIA -GRÉCIA – CROÁCIA – LIENCHSTEIN – LUXEMBURGO – S.MARINO - VATICANO ÀSIA : -TURQUIA-CAPADÓCIA ÀFRICA: GUINÉ-BISSAU – CASAMANÇA – GÂMBIA – SENEGAL – MAURITÂNIA – SAHARA - MARROCOS

Outras viagens:RÚSSIA (Moscovo e S. Petesburgo) -AMÉRICA do NORTE:CANADÁ (Quebec-Ontário-Montreal-Otawa-Niagara falls) - EUA(Boston-Nova Iorque-Cap Kenedy-Orlando - Miami)AMÉRICA CENTRAL:CUBA (Havana - S. Tiago de Cuba - Trinidad - Cienfuegos - Varadero)- ÀSIA :CHINA (Macau-Hong Kong) - VIETNAM(Hanói-Danang-Ho Chi Min) -

sábado, março 20, 2010

Limpei um ''niquinho'' de Portugal

Hoje seria efectuada a ''caminhada'' do meu grupo ''Naturezas''... seria e foi... mas uma caminhada diferente.

Nunca havíamos passado em estradas e caminhos tão poluídos!
Conforme nos haviam indicado, percorremos terrenos nas freguesias limítrofes de Braga - Espinho e Sobreposta.
Mal saímos da viatura, ao lado de recente urbanização, sentimos o primeiro choque. Latas de tinta, garrafas de cerveja, de iogurte, e sei lá que mais...E o papel das pessoas que habitam ao pé? Indiferentes a quem não é do local e ajuda a torna-lo mais agradável... e por detrás dos cortinados o que terão pensado?
Isto envergonha-nos!
Das 8 às 10 da manhã lá fomos enchendo os sacos e deixando-os em pequenos montes para depois serem recolhidos. Estou certo que quando se viaja pelo país de automóvel, não fazemos ideia da quantidade enorme de dejectos que são arremessados das viaturas... impressionante.
Após esse período, o choque foi maior... imensos detritos de médio porte entre as pequenas zonas verdes, desde frigoríficos, fogões e material de construção civil aos montões... até arrepiamos...
Terminamos a colheita pelas 13,30h. pois a intempérie atacou mais fortemente.
Muito haverá ainda a fazer... mas, ''a mensagem'' poderá eventualmente ajudar a prevenir no futuro que a quantidade de lixo arremessada pelo país, venha a diminuir.
O nosso modesto contributo está dado.

Enviar um comentário